Uruguai cogita Marcelo Gallardo como técnico: "Como vamos saber que é impossível se não falarmos com ele?"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
BUENOS AIRES, ARGENTINA - NOVEMBER 07:  Marcelo Gallardo coach of River Plate smiles after winning a match between River Plate and Patronato as part of Torneo Liga Profesional 2021 at Estadio Monumental Antonio Vespucio Liberti on November 7, 2021 in Buenos Aires, Argentina. (Photo by Marcelo Endelli/Getty Images)
Argentino Marcelo Gallardo é um dos nomes estudados pela AUF para substituir Óscar Tabárez após seu desligamento. Foto: (Marcelo Endelli/Getty Images)

Após a demissão de Óscar Tabárez, que passou 15 anos no comando da Seleção Uruguaia, o nome do seu sucessor é uma incógnita. A única coisa certa é que os dirigentes da Associação Uruguaia de Futebol (AUF) não têm pressa para realizar a definição. Para o periódico Ovación, um dos pares da AUF disse que "Não tem porque ser hoje, nem amanhã. Te digo até que podemos demorar uma semana ou dez dias para tomar a decisão final".

Muito se fala de perfil de treinador, mas há divergências na direção da entidade sobre os nomes disponíveis (ou não) no mercado. O que é consenso entre os mandatários é que o novo comandante deve ter certa experiência na função, mas também ser relativamente jovem.

Leia também:

Um dos alvos que já foram contactados é o multicampeão Marcelo 'El Muñeco' Gallardo, comandante do River Plate, da Argentina. Juan Berros, representante de Gallardo, recebeu ligações de dirigentes da AUF para debaterem a possibilidade do treinador deixar o Millonários, como é conhecido o River Plate, e comandar a Celeste.

Quando consultado sobre a dificuldade do aceite de Marcelo Gallardo, que chegou a ser sondado em clubes europeus, como o Barcelona, um dirigente da AUF foi enfático ao dizer que "Como podemos saber que é impossível se nunca falamos com ele?".

Caso haja Gallardo rejeite o convite, o que é provável, outros nomes estão na mesa da entidade uruguaia. Diego Aguirre, treinador do Internacional, Alexander Medina, Fabián Coito e Guillermo Almada são as opções 'reservas' dos dirigentes.

Há, também, uma indefinição sobre o contrato com o treinador: um 'bombeiro' para comandar o Uruguai nas últimas quatro rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar e tentar reverter a atual situação ou um treinador pensando já nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos