Uruguai cria a Copa Sem Gênero

Torneio inédito irá somar pontuações das modalidades femininas e masculinas da primeira divisão do Uruguai. Foto: (Divulgação/AUF)
Torneio inédito irá somar pontuações das modalidades femininas e masculinas da primeira divisão do Uruguai. Foto: (Divulgação/AUF)

Em um evento realizado no Museu do Futebol do Uruguai, localizado no histórico Estádio Centenário, palco da primeira final de Copas do Mundo de todos os tempos, a Associação Uruguaia de Futebol (AUF) anunciou a criação de um torneio inédito no futebol mundial. A Copa Sem Gênero surge para integrar o futebol feminino ao masculino no país e fomentar a prática entre as mulheres.

O campeonato irá somar as pontuações das equipes no Campeonato Uruguaio de cada modalidade e, desta forma, definir as posições na tabela de classificação. Não irão acontecer, por exemplo, partidas específicas deste torneio, mas, sim, o aproveitamento do desempenho dos times durante o calendário usual no país.

Leia também:

Ignacio Alonso, presidente da AUF, celebrou a competição e desejou sucesso aos clubes participantes do torneio: "quero desejar a todos os clubes que vão participar nesta temporada da Copa Sem Gênero da AUF, o maior sucesso".

Ricardo Méndez, diretor do McDonald's do Uruguai, grande patrocinador da Copa, comemorou a parceria: "Além de ter firmado um acordo com a Associação de Futebol há alguns dias, decidimos ser o patrocinador principal desta brilhante Copa Sem Gênero, junto do impacto positivo que será gerado. Esta Copa busca unir a paixão pelo futebol sem separar homens e mulheres, dando mais visibilidade e apoio ao futebol feminino".

Sebastián Bauzá, secretário nacional de esportes, destacou a importância do Uruguai no pioneirismo de competições com este formato, relembrando que a Copa Sem Gênero pode ser exemplo para que outros países possam repetir este modelo em seus torneios nacionais.