Usain Bolt é vítima de golpe na Jamaica e perde R$ 51 milhões, toda sua aposentadoria

O atleta jamaicano Usain Bolt, campeão olímpico, foi vítima de um golpe e perdeu todo o dinheiro de sua previdência, informa o Jamaica Observer, algo em torno de US$ 10 milhões (R$ 51 milhões). Agora ele teme não conseguir recuperar seu investimento. Segundo o portal, a conta teria sido aberta em 2012, sem passar por nenhuma transação desde então. Sobraram apenas US$ 2 mil (R$ 10,2 mil).

"Em um mundo de mentiras... Onde está a verdade?", lamentou o velocista em um post no Instagram. "O Mal da História….Qual é a Raiz?…DINHEIRO".

A corretora onde o dinheiro de Bolt estava, Stocks and Securities Limited (SSL), sofreu uma perda de US$ 1,2 bilhão após um funcionário auxiliar um consultor de patrimônio externo. A empresa levantou suspeitas em agosto de 2022, mas não conseguiu deter o golpista. O crime afetou 30 pessoas, incluindo Bolt. As demais vítimas também perderam seus investimentos.

Segundo a Comissão de Serviços Financeiros (FSC) jamaicana, a SSL já havia sido acusada de vendas não autorizadas. Ela ignoraria os procedimentos de autorização para transações fornecidos pela comissão.

Além disso, segundo o Essentially Sports, a equipe de gerenciamento de Bolt teria alertado a SSL sobre a possibilidade de ocorrer um golpe.

Bolt, hoje com 36 anos, conquistou oito medalhas de ouro em Olimpíadas e outras 11 em campeonatos mundiais, sendo o recordista dos 100m e dos 200m rasos. Ele encerrou sua carreira como velocista em 2017.