Usar lente de contato no chuveiro pode causar cegueira; entenda

Entrar no banho usando lentes de contato pode significar sérios riscos à saúde dos olhos. Especialistas alertam que pessoas que tomam banho com lentes correm um risco maior de desenvolver uma infecção ocular grave conhecida como ceratite por Acanthamoeba, que pode resultar em deficiência visual permanente ou cegueira.

O alerta vem de um estudo de caso em que uma mulher foi infectada depois de tomar banho enquanto usava lentes de contato e precisou remover o seu olho esquerdo. Marie Mason, de 54 anos, do Reino Unido, usou lentes de contato de duração mensal e acredita que o organismo entrou em seu olho quando ela tomou banho sem removê-las.

— Comecei a sentir como se tivesse um corpo estranho no meu olho como um pouco de areia ou areia que, quando você esfrega, normalmente desaparece, mas não —disse ela, em entrevista a BBC News.

Um oculista aconselhou Mason a ir ao hospital procurar ajuda especializada, e os médicos a diagnosticaram com ceratite por Acanthamoeba e a trataram com vários medicamentos e colírios, mas foi preciso fazer três transplantes de córnea – nenhum deles teve sucesso.

A oculista Tina Patel explica que essa é uma ameba de vida livre natural que pode afetar a córnea. O organismo vive em fontes como água da torneira, sistemas de esgoto, solo, piscinas, banheiras de hidromassagem e saunas.

— Embora seja uma infecção rara, é mais comum entre os usuários de lentes de contato , que em casos mais graves, necessita de um transplante de córnea no paciente — explicou Tina.

No caso de Madson, após cinco anos de tratamentos, foi tomada a decisão de remover o olho esquerdo, e ela usa uma prótese falsa desde a operação, feita há dois anos.

— Eu luto às vezes porque minha visão do lado esquerdo é horrível, bem, ela não existe. É muito difícil andar na rua, sempre tem pessoas passando por você, e isso me faz pular de susto porque eu não espero — disse ela.

A ceratite por Acanthamoeba pode ser difícil de detectar inicialmente, pois os sintomas são muito semelhantes a outras infecções oculares comuns e muitas vezes podem ser diagnosticados erroneamente.