Uso de ivermectina afetou saúde reprodutiva de 85% dos homens, aponta estudo

·1 minuto de leitura
BRAZIL - 2021/05/11: In this photo illustration a box of Ivermectina medicine seen on display. Manufactured by Vitamedic in Brazil Ivermectin has attracted global controversy as a potential COVID treatment. The World Health Organisation has advised against widespread use of the drug as a treatment for Covid 19. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Medicamento chegou a integrar o "kit covid", mas é comprovadamente ineficaz contra a covid-19 (Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Estudo feito na Nigéria mostra que ivermectina afeta saúde reprodutiva de homens

  • Pesquisa mostrou que 85% dos participantes desenvolveram algum tipo de problema reprodutivo após o uso de ivermectina

  • Comprovadamente ineficaz, remédio foi utilizado como tratamento preventivo contra a covid-19

Um estudo feito por três universidades da Nigéria aponta que o uso do medicamento ivermectina pode afetar a saúde reprodutiva de homens. O levantamento mostra que 85% dos participantes desenvolveram algum tipo de problema neste sentido.

A pesquisa foi feita a partir da análise de 385 pacientes, todos usaram a ivermectina. Os resultados apontam que 85% deles desenvolveram algum grau de disfunção reprodutiva. A conclusão dos pesquisadores é que “houve uma significativa queda na quantidade de espermas do paciente após o uso de ivermectina”.

Leia também

A ivermectina é usada normalmente no combate à parasitas, mas, de forma errada, foi recomendado no combate à covid-19, como tratamento preventivo. No Brasil, o remédio chegou a integrar o chamado “kit covid”, composto por medicamentos ineficazes contra a doença desenvolvida pelo coronavírus.

Até o momento, não há nenhum remédio capaz de prevenir contra a covid-19, além da vacina.

O FDA, agência de medicamentos dos Estados Unidos, não permitiu o uso da ivermectina no tratamento da doença, nem mesmo para animais. “Nunca use medicamentos para animais em você ou em outras pessoas”, alertou a agência. Ainda assim, algumas pessoas chegaram a utilizar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos