Uso de ventilador gera economia de 80% em relação ao ar-condicionado

Stephanie Tondo
·2 minuto de leitura

Usar o ar-condicionado, principalmente no verão, é um hábito comum de muitos brasileiros. No entanto, para quem sempre se assusta com a conta de luz no fim do mês, optar pela utilização do ventilador nos dias menos quentes pode garantir uma economia de até 80% nos gastos com energia elétrica.

— A sensação de temperatura depende muito da velocidade do ar. E em dias não tão quentes do verão, o ventilador é uma opção muito eficiente. As pessoas não dão o devido valor. Se em vez do ar-condicionado a pessoa usar o ventilador, naquele cômodo o gasto vai cair 80% — afirma o professor do curso de Engenharia Mecânica do Ibmec, Marcos Feghali.

No entanto, para quem não abre mão do ambiente refrigerado, Feghali sugere adotar algumas medidas que ajudam a aumentar a eficiência dos aparelhos de ar-condicionado, reduzindo o consumo. Em primeiro lugar, segundo ele, é preciso se certificar de que o cômodo está com portas e janelas fechadas, o que evita que o ar frio saia e o aparelho tenha que trabalhar mais para compensar.

Outra dica do professor é instalar venezianas, isto é, cortinas que impedem a entrada de luz no ambiente, diminuindo a carga térmica sobre o ar-condicionado.

— Em aparelhos com a opção de timer, é interessante programar o ar para desligar no meio da noite, pois muitas vezes o ambiente já está em uma temperatura agradável, que será mantida. Outra opção, para aparelhos digitais, é escolher uma temperatura que não seja muito baixa, como 21 graus — diz Feghali.

Já para quem possui aparelhos muito antigos, e faz uso recorrente do ar-condicionado, o professor afirma que substituir o modelo por um mais atual, com tecnologia inverter, faz muita diferença na conta de luz.

— Mas claro que tem um custo de instalação. Se a pessoa usa o ar-condicionado eventualmente, talvez não se pague fazer a troca. Mas costuma valer a pena.