USP abre hub para enfrentar novas pandemias

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A USP inaugura nesta quarta (3) o Hub Ciências da Vida, que pretende se tornar um celeiro de startups da área de saúde e desenvolver e testar tecnologias para ajudar no enfrentamento de futuras pandemias.

Capitaneado pela USP e pelo Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares) e articulado pelo Cietec (Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia), o espaço ocupará 20 mil metros quadrados no campus do Butantã, em São Paulo.

O Cietec atribui a criação do hub a uma articulação nacional que envolve institutos como o Emílio Ribas e o Butantan, empresas como L´Oréal e Merck, além do Governo de São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos