Vácuo de poder na Bolívia

Bolivianos celebraram a renúncia do presidente Evo Morales, que deixou um vácuo de poder no país. Morales denunciou a existência de uma ordem de prisão "ilegal" contra ele, uma afirmação negada pela polícia.