Vários feridos em incêndio de avião em aeroporto da Flórida

Passageiros são evacuados após incêndio em um avião, em Fort Lauderdale, Flórida, no dia 29 de outubro de 2015

Ao menos 15 pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira em um incêndio em um avião que estava na pista de decolagem do aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida - anunciaram as autoridades do condado de Broward.

Uma pessoa teve queimaduras de primeiro grau; duas, ferimentos de gravidade média; e as outras 12, lesões e hematomas, relataram os oficiais do condado, em uma entrevista coletiva.

Havia 101 pessoas a bordo do avião, quando a aeronave pegou fogo.

De acordo com a companhia Dynamic International Airways, o Boeing 767 já "rodava sobre a pista para uma decolagem para Caracas", quando os pilotos e a torre perceberam "que havia um problema em uma turbina".

"O avião estava se acomodando na pista, quando ouvimos um barulho forte. Olhei por uma janela e vi as chamas em uma das asas", contou à AFP o empresário venezuelano Andrés Gallegos, que estava a bordo do voo 405.

Gallegos relatou que o pessoal de bordo "agiu de forma espetacular, de forma muito profissional e calma, e verificaram se o tobogã estava bem inflado para começar a evacuar o avião".

Apesar da gravidade da situação, "não vi ninguém gritando, nem empurrando. Uma vez fora do avião, eles nos atenderam muito rápido", completou.

Segundo ele, os passageiros foram reunidos em uma sala do aeroporto, "porque todos os pertences, incluindo nossos passaportes, ficaram dentro do avião".

"Ainda estamos sendo impactados pelo incidente aqui, mas a boa notícia é que estamos voltando a funcionar, e os voos vão recomeçar", declarou o porta-voz do aeroporto internacional de Fort Lauderdale-Hollywood, Greg Meyer.

O órgão responsável pela segurança no setor aéreo, o NTSB (sigla em inglês), disse que enviará uma equipe para investigar o incêndio.

Pouco depois das 16h (horário de Brasília), o órgão que regula o setor de Aviação Civil nos EUA, a FAA (sigla em inglês), havia anunciado a suspensão do tráfego aéreo. No final do dia, uma das pistas já havia sido reaberta.

Com um fluxo de 26 milhões de passageiros por ano, o aeroporto de Fort Lauderdale atende cerca de 40 destinos internacionais e cerca de 60 domésticos.

A Dynamic International Airways começou a cobrir, recentemente, o trajeto entre Fort Lauderdale e o aeroporto internacional Simón Bolívar, em Caracas.

"Ainda estamos esperando para saber a gravidade das lesões e para saber o que aconteceu exatamente. Mas parece que a reação rápida realmente fez uma grande diferença", disse à CNN Debbie Wasserman, representante no Congresso americano pelo distrito que inclui Fort Lauderdale.

Segundo Debbie, há uma grande comunidade de venezuelanos no condado de Broward.

O piloto relatou um vazamento de combustível antes de o avião pegar fogo, segundo a WPBF, citando a FAA.

Em vídeos que circulam na Internet, é possível ver uma densa fumaça negra escapar do avião. Outras imagens mostraram um motor danificado em uma das asas do dispositivo.