'Vários' militares dos EUA mortos e feridos em ataque no aeroporto de Cabul

·1 minuto de leitura
Soldados americanos no aeroporto de Cabul em 20 de agosto de 2021 (AFP/Wakil KOHSAR)

Vários militares americanos morreram e ficaram feridos no atentado duplo que atingiu o aeroporto de Cabul nesta quinta-feira (26), disse o porta-voz do Pentágono, John Kirby.

"Podemos confirmar que vários militares americanos morreram no complexo ataque de hoje contra o aeroporto de Cabul" e que "vários outros estão sendo tratados por feridas", disse Kirby em um comunicado.

"Também sabemos que vários afegãos foram vítimas deste ataque hediondo", acrescentou.

Segundo o jornal The Wall Street Journal e a rede Fox, que citam funcionários americanos não identificados, quatro fuzileiros navais morreram.

São os primeiros militares americanos mortos no Afeganistão desde que Washington assinou, em fevereiro de 2020, um acordo com os talibãs para se retirar do país.

Em troca do compromisso de saída, os talibãs concordaram em não realizar ataques contra as tropas americanas ou da Otan.

Duas explosões afetaram a área próxima ao aeroporto de Cabul, segundo o Pentágono. Uma explosão ocorreu perto de Abbey Gate, uma das portas de acesso ao aeroporto. A outra foi perto do Hotel Baron, a 200 metros de distância.

Antes do ataque, Estados Unidos e outros aliados da coalizão no Afeganistão alertaram que informações da Inteligência indicavam que o braço afegão do grupo extremista Estado Islâmico, o Estado Islâmico-Khorasan (IS-K), estava planejando ataques suicidas com bombas no aeroporto.

O IS-K está em desacordo com o Talibã, segundo relatos.

pmh-sl-ad/lda/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos