Vídeo de ação policial compartilhado como se fosse na Austrália foi gravado em Los Angeles

·2 min de leitura

Um vídeo que mostra policiais em uma ação junto a um homem negro derrubado de sua cadeira de rodas tem sido compartilhado mais de 680 vezes desde, pelo menos, 16 de novembro de 2021 com a afirmação de que se trata de uma intervenção da polícia australiana. No entanto, o registro foi feito em Los Angeles, nos Estados Unidos, como pode ser observado no uniforme dos agentes e em notícias sobre o ocorrido.

“HORROR NA AUSTRÁLIA O SISTEMA NÃO TERÁ PIEDADE DE VOCÊS LUTEM AINDA QUANTO PODEM OU SEREMOS MASSACRADOS”, diz uma das publicações compartilhadas no Twitter (1, 2) e no Facebook.

Captura de tela feita em 18 de novembro de 2021 de uma publicação no Twitter ( . / )

Uma busca reversa pelos fragmentos da gravação levaram a notícias (1, 2, 3) que veicularam as mesmas imagens em julho de 2020. Segundo a imprensa, o registro foi feito durante protestos ocorridos em Los Angeles em 14 de julho daquele ano contra a violência policial nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, asfixiado por um agente.

Em um outro vídeo sobre o evento encontrado em uma busca no Google pelas palavras-chave “homem”, “cadeirante” e “policiais”, é possível ler a inscrição “Los Angeles” na manga do uniforme dos policiais.

Capturas de tela feitas em 18 de novembro de 2021 do vídeo publicado no site Firework ( . / )

O Departamento de Polícia de Los Angeles se manifestou sobre a ação em um tuíte, publicado em 16 de julho de 2020, no qual afirma que Joshua Wilson, o manifestante na cadeira de rodas, agrediu um policial e portava uma arma de fogo.

Publicações com a alegação de que vídeo expõe a polícia australiana também circularam em espanhol, acrescentando que o que é chamado por usuários de “atrocidade” aconteceu no contexto de um protesto durante a pandemia de covid-19.

O vídeo viralizou após o anúncio do governo australiano sobre a obrigatoriedade de vacinação para algumas categorias profissionais, como cuidadores de idosos e trabalhadores de apoio a pessoas com deficiências (1, 2).

Em Melbourne, capital do estado de Victoria, na Austrália, manifestantes saíram às ruas para protestar contra a obrigatoriedade da imunização em setembro e novembro de 2021.

Nos últimos meses têm ocorrido diversos protestos no país contra medidas para controle da pandemia, como confinamentos e vacinação compulsória (1, 2).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos