Vídeo em que Lula parece ser vaiado ao sair de van teve áudio alterado

Um vídeo que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) supostamente sendo insultado em sua chegada a Garanhuns (PE) foi compartilhado mais de 2 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 20 de julho. No entanto, o vídeo foi adulterado: na gravação original pode-se observar que não há vaias ou gritos proferidos contra o ex-presidente. Além disso, o registro não foi feito em Pernambuco, mas no Piauí, durante a caravana do Partido dos Trabalhadores pelo Nordeste em 17 de agosto de 2021.

“É esse o ‘líder’ das pesquisas?…”, questiona uma das publicações compartilhadas no Facebook, Twitter (1, 2), TikTok e Kwai.

O vídeo mostra o ex-presidente e sua equipe saindo de uma van sob gritos de “ladrão”. Um texto sobreposto à gravação aponta que o fato teria ocorrido em 20 de julho de 2022, na cidade de Garanhuns, em Pernambuco.

Captura de tela feita em 21 de julho de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

Apesar de Lula estar, de fato, cumprindo agenda na cidade pernambucana na data citada na postagem, o vídeo não foi gravado na ocasião.

Através de uma busca por capturas de tela usando a ferramenta InVid-WeVerify, chegou-se ao mesmo vídeo, compartilhado no TikTok no dia 17 de agosto de 2021. A legenda indica que o ex-presidente estaria chegando ao Piauí.

Nessa postagem, contudo, não foi possível ouvir o que era dito durante o registro, já que o usuário do TikTok compartilhou a sequência do ex-presidente com a música “Papai chegou”, do músico Mr. Catra, ao fundo.

Veículos locais reportaram à época a chegada do ex-presidente a Teresina, no Piauí. A reportagem da TV Cidade Verde, também do dia 17 de agosto de 2021, mostra, a partir de 1 minuto e 35 segundos, o trecho do vídeo que circulou nas redes como sendo de Garanhuns.

O site do Partido dos Trabalhadores (PT) registrou, igualmente, no dia 17 de agosto de 2021 a chegada de Lula ao Piauí. O ex-presidente e lideranças do partido visitaram seis estados nordestinos entre os dias 16 e 26 de agosto de 2021.

Uma busca no Google pelas palavras-chave “Lula”, “Piauí” e “Teresina” levou ao vídeo com áudio original: a gravação, divulgada por uma conta na plataforma Kwai, mostra que, na verdade, não houve insultos durante a chegada do ex-presidente e sua comitiva à Teresina.

Alguns elementos evidenciam que o áudio é realmente o original: o barulho do salto que o ex-presidente dá ao sair da van, a toada das palmas que algumas pessoas da comitiva são vistas dando e o som de cumprimentos feitos ao longo do vídeo.

O AFP Checamos já verificou outros conteúdos (1, 2, 3) envolvendo o ex-presidente Lula cujo áudio sofreu modificação.

Esse conteúdo também foi checado por Agência Lupa, Reuters e pelo Comprova, projeto de verificação colaborativa do qual o AFP Checamos faz parte.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos