VÍDEO: Gilberto Gil lamenta morte de Gal Costa: 'Nossa irmãzinha se foi'

O cantor Gilberto Gil se manifestou após a morte de Gal Costa nesta quarta-feira, aos 77 anos. Em vídeo obtido pelo GLOBO, o artista disse que ela encantou muita gente com uma “voz de passarinho”, e que agora deixará “o pesar, a tristeza e a saudade”.

Jovem foi adotado pela cantora: Gal Costa deixa o filho, Gabriel, que definia como uma 'uma luz na minha vida'

Morte de Gal Costa: Cantora havia suspendido shows em novembro por conta de cirurgia

Nesta manhã, outros famosos e políticos usaram as redes sociais para homenagear a cantora. Em um primeiro momento, Gil publicou que estava “muito triste e impactado” com a morte de sua “irmã gaúcha”.

No Instagram, Gil escreveu: “Fica a saudade pra mim, pra todos que eram próximos dela e pra tanta gente na extensão deste Brasil imenso que se encantava com o canto dela. Agora o canto dela fica conosco pro resto das nossas vidas, pra o tempo todo na nossa história”.

Gal Costa estava afastada dos palcos para se recuperar de uma cirurgia realizada em setembro para retirar um nódulo na fossa nasal direita. A cantora chegou a cancelar de última hora a participação que faria no festival Primavera Sound, em São Paulo, no último fim de semana. A causa da morte da artista ainda não foi divulgada.

Ícone da MPB

Maria da Graça Costa Penna Burgos nasceu em 26 de setembro de 1945, em Salvador. Ainda menina, nos anos 1960, todos a conheciam como Gracinha, dona de uma voz suave e afinada. Um dia, ela encontrou o mito da bossa nova, João Gilberto, que ao ouvi-la teria dito: “Você é a maior cantora do Brasil.”

Rebatizada de Gal Costa, ela não demoraria a confirmar a profecia de João: do começo na bossa, Gal adentrou o Tropicalismo ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil, seguiu pelos caminhos da MPB e do pop, e se estabeleceu como uma das maiores vozes femininas em um país de enormes vozes femininas.