Vídeo de Lula sendo “envergonhado” ao vivo por transposição do São Francisco é uma montagem

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Um vídeo no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é “envergonhado” durante um evento com o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (ex-PSB e atual PT) foi compartilhado mais de 81 mil vezes desde, pelo menos, 23 de abril de 2022. Na filmagem, Coutinho supostamente critica Lula ao vivo por uma “corrupta gestão” e por desvios de recursos durante a obra de transposição do Rio São Francisco, e diz que, para sorte dos nordestinos, o atual presidente Jair Bolsonaro chegou. Mas isso é uma montagem. No vídeo original, Coutinho agradecia Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff pela obra da transposição.

“Lula é ENVERGONHADO”, lê-se na sequência compartilhada no Facebook, que também circulou no Instagram, Twitter, YouTube, TikTok e Kwai.

Captura de tela feita em 27 de abril de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

No vídeo, Lula (2003-2010) é visto ao lado do ex-governador Coutinho (2011-2018), que discursa ao microfone e aparentemente diz, em ritmo de poesia:

“No canal do São Francisco, na velha Transposição, passava só a poeira junto com a ilusão. Durante 16 anos de uma corrupta gestão, o sonho do sertanejo era só decepção. Do canal todo quebrado, o dinheiro evaporou, orçado em 4 bilhões e com 10 não terminou. Pra sorte dos nordestinos, o Bolsonaro chegou”.

Uma busca pelas palavras-chave “Lula”, “evento” e “transposição do rio São Francisco”, citada na suposta fala de Coutinho, levou a reportagens de 2017 (1, 2) com imagens em que o ex-presidente usa a mesma roupa vista no vídeo viral. Em nenhuma delas é mencionado que Coutinho teria feito discurso semelhante ao compartilhado nas redes.

Segundo as reportagens, naquela ocasião, Lula e a também ex-presidente Rousseff (2011-2016) participaram de um evento na cidade de Monteiro, na Paraíba, ao lado de Coutinho, em 19 de março de 2017.

O ato foi chamado de "inauguração popular da transposição do rio São Francisco", e celebrou a entrega de um dos trechos das obras de transposição do rio. A inauguração oficial, porém, havia sido realizada dias antes pelo então presidente Michel Temer (2016-2018), que afirmou que "ninguém tem a paternidade da transposição do rio São Francisco", argumentando que se trata de um projeto antigo que "passou por vários governos".

Uma pesquisa pelos termos “Lula” e “inauguração popular São Francisco” levou a uma gravação do evento na íntegra, publicada da Rede TVT no YouTube.

Na filmagem, é possível perceber que Coutinho não pronunciou as falas viralizadas.

Pelos movimentos corporais do ex-governador foi possível constatar que o trecho viralizado tem início, aproximadamente, aos 44 minutos e 21 segundos de gravação. A partir desse instante, Coutinho disse, na verdade: “Eu tenho muita fé em ver Lula, este país e esta região tão sofrida ao longo de tantos anos voltar a trilhar o seu caminho de prosperidade. O que estas águas farão, como as águas do eixo Norte Jeová, como as águas do eixo Norte, elas trarão uma coisa que é fundamental. Talvez nem a gente imagine o que é que nós vamos plantar, como nós vamos desenvolver as pequenas micro indústrias”.

Uma transmissão ao vivo realizada pela conta no Facebook do próprio Coutinho na data do ato também não mostra que ele tenha feito o discurso das publicações viralizadas. Outra transmissão, feita pelo senador Humberto Costa (PT) naquele mesmo dia, tampouco mostra o político falando sobre corrupção durante os governos do PT, como é possível ver a partir de 31 minutos e 54 segundos, aproximadamente. Em todas as gravações, Coutinho agradece Lula e Dilma pela obra.

Os vídeos viralizados nas redes sociais contém uma marca d’água do TikTok com o nome de usuário “@paixonadin”. Procurando por esse nome na rede social, foi possível localizar a publicação original e ver o nome do arquivo de áudio usado.

O arquivo de áudio da gravação fica sinalizado logo acima do vídeo e, ao clicar nele, é possível ver que o mesmo som já foi utilizado em outro vídeo, no qual um homem faz esse mesmo discurso. Além de ser uma versão mais longa da poesia, esse vídeo foi publicado em 9 de abril de 2022 e o arquivo de áudio é sinalizado como “Original” pelo TikTok.

Captura de tela feita em 27 de abril de 2022 de uma publicação no TikTok ( . / )

Captura de tela feita em 27 de abril de 2022 de publicações no TikTok ( . / )

O Checamos já verificou outras alegações relacionadas à obra de transposição do Rio São Francisco (1, 2).

Verificação semelhante foi feita pela Lupa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos