Vídeo mostra jornalistas assaltados antes de entrarem ao vivo na TV sul-africana

A equipe de jornalistas, que trabalha na emissora SABC, encontrava-se diante do hospital onde está internado Edgar Lungu, presidente de Zâmbia

A televisão pública sul-africana divulgou o vídeo do assalto a mão armada de uma de suas equipes de jornalismo, na noite desta terça-feira.

Os profissionais estavam em uma rua mal iluminada em Johannesburgo e se preparavam para fazer uma entrada ao vivo na programação.

A equipe de jornalistas, que trabalha na emissora SABC, encontrava-se diante do hospital onde está internado Edgar Lungu, presidente de Zâmbia.

No vídeo difundido pela emissora, dois homens se aproximam de maneira repentina e roubam o telefone celular do repórter Vuyo Mvoko.

"Dá o telefone", diz um deles, enquanto a câmara continua a filmar. Afastando-se da câmera, Mvoko avisa aos telespectadores: "Nós estamos sendo roubados".

A polícia investiga o caso, mas, até esta quarta-feira, ninguém tinha sido preso.

Em menos de 24 horas, o vídeo recebeu mais de meio milhão de visualizações, no Youtube.