Vídeo mostra momento em que Alec Baldwin recebe notícia da morte de Halyna Hutchins

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A polícia de Santa Fé, no Novo México, Estados Unidos, divulgou imagens do interrogatório do ator Alec Baldwin após disparar o tiro acidental contra a diretora Halyna Hutchins no set do filme "Rust" em outubro do ano passado. No vídeo, é possível conferir o momento em que Baldwin recebe a notícia de que a colega de trabalho não resistiu ao ferimento. A revelação ocorreu ao fim do primeiro interrogatório policial, logo após a tragédia.

O corte compartilhado pelo canal TheDC Shorts e pelo jornal Daily Mail mostra que uma das policiais sentadas em uma mesa com o ator diz: "Tenho uma notícia muito triste para lhe contar. Ela não sobreviveu". Baldwin então responde "Não!", coloca a mão na boca e permanece em silêncio. A agente explica então que outro diretor do filme, Joel Souza, também ferido no tiroteio, ainda estava no hospital.

Em seguida, Baldwin coloca a mão no peito enquanto a policial repete a notícia e acrescenta: "Eu não queria que você soubesse disso fora daqui". Ela pergunta então se havia algo mais que poderia fazer por ele e o ator responde que gostaria de ligar para a mulher, Hilaria.

Nesta terça-feira (26), em entrevista ao programa Good Morning America, o xerife responsável pelas investigações da morte de Halyna Hutchins disse que Alec Baldwin ainda pode ser indiciado pelo caso. Segundo Adam Mendoza, a investigação está perto de terminar. Faltam ainda análises do FBI sobre munições, armamento, DNA e dados de celulares que devem ficar prontas em algumas semanas. Para o investigador, a pergunta-chave do caso, no entanto, é como a munição real foi parar no set.

"Até agora, ninguém admitiu levar as balas para o set. E sabemos que houve pelo menos uma bala de verdade. Eu acho que houve complacência, desorganização. Eles não aderiram a protocolos de segurança adequados. Houve um nível de negligência, se esse nível é criminal ou não a promotoria é quem vai determinar", disse.

Confira abaixo o vídeo:

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos