Vídeo mostra protesto contra Lula durante visita em Campinas, não em condomínio onde foi morar

Desde pelo menos 14 de junho de 2022, usuários nas redes sociais compartilham uma filmagem de um protesto contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) alegando que ela mostra o ex-mandatário sendo hostilizado por seus vizinhos em um condomínio de luxo para o qual teria se mudado. Mas essa alegação é falsa: a filmagem foi feita em 5 de maio de 2022, e mostra uma manifestação contra Lula quando compareceu a um almoço em Campinas. Segundo reportagens da imprensa, o ex-presidente se mudou para a capital paulistana em dezembro de 2021.

“Moradores do condomínio de luxo aonde lula foi morar estão querendo expulsa-lo de lá! Esse é o líder das pesquisas!!”, diz uma das publicações difundidas no Twitter, Facebook, TikTok, Kwai e YouTube.

Captura de tela feita em 16 de junho de 2022 de uma publicação no Twitter ( . / )

A gravação viralizada, com 2 minutos e 8 segundos de duração, começa mostrando alguns homens saindo de carros enfileirados. Ao fundo, são ouvidos gritos de protesto como “Lula ladrão, seu lugar é na prisão” e “Fora PT”. Os veículos, então, tentam se dirigir para a portaria de um condomínio em meio à manifestação.

Em seguida, o vídeo mostra algumas pessoas usando camisetas amarelas e carregando bandeiras do Brasil cercando um dos carros que tenta sair pela portaria. Ao longo de toda a gravação, é possível ler a seguinte frase sobreposta às imagens: “Olha o Lula saindo de casa”.

Na filmagem, é possível identificar uma placa com as palavras: “Sociedade Alto das Palmeiras 616”. Uma pesquisa no Google indicou que este é o nome de um condomínio localizado na cidade de Campinas, interior de São Paulo, na Avenida Papa João Paulo I, 616.

Uma nova busca pelo nome do condomínio e seu endereço no Google Maps permitiu concluir que se trata da mesma localização vista no vídeo viral:

Comparação feita em 17 de junho de 2022 entre uma das publicações virais e uma captura de tela do Google Maps (D) ( . / )

O vídeo viralizado também traz a marca d’água da rede social Kwai e o nome de usuário “@EnthonySilva866”. Uma busca nesse perfil localizou a gravação. Uma análise do código-fonte da página mostrou que o vídeo foi publicado no Kwai no dia 6 de maio de 2022. O registro mais antigo localizado pela AFP do vídeo junto à alegação de que mostraria Lula “saindo de casa” foi feito em 14 de junho.

Pesquisas pelas palavras-chave “Lula” + “Campinas” + “condomínio” levaram a uma série de reportagens (1, 2, 3) de maio de 2022 que afirmaram que o ex-presidente teve seu carro cercado por uma manifestação quando saía de um almoço em um condomínio em Campinas no dia 5 daquele mês.

Segundo algumas matérias (1, 2), na ocasião, Lula teria se encontrado com o físico e professor emérito da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Rogério Cézar de Cerqueira Leite no condomínio em Campinas. Ainda segundo as reportagens, depois do almoço, o ex-mandatário participou de outro evento e depois se dirigiu à Unicamp, onde participou de um ato com apoiadores presentes no local.

Buscas por palavras-chave no Twitter, filtrando por vídeos publicados em maio de 2022, localizaram outras gravações feitas naquele mês com legendas que fazem referência à recepção do ex-presidente em Campinas (1, 2, 3).

Comparações entre essas filmagens de maio e o vídeo viralizado em junho de 2022 mostram os mesmos elementos:

Comparação feita em 17 de junho de 2022 entre publicações compartilhadas em maio de 2022 (E) e uma das publicações viralizadas em junho de 2022 ( . / )

Em 18 de maio, o ex-presidente se casou em São Paulo com a socióloga Rosângela da Silva, mais conhecida como “Janja”.

De acordo com artigos publicados na imprensa em fevereiro (1, 2), o ex-presidente teria se mudado do ABC Paulista, em São Bernardo do Campo, para um bairro na Zona Oeste de São Paulo, capital, por questões de segurança. Segundo uma reportagem exclusiva publicada pela revista Veja em maio, a casa em questão fica no bairro Alto de Pinheiros.

A AFP não encontrou reportagens que indicassem que o ex-mandatário tivesse adquirido um imóvel em Campinas.

O Checamos já verificou outras alegações a respeito da visita do ex-presidente a Campinas em maio de 2022 (1, 2).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos