Vídeo mostra que dois mísseis atingiram avião ucraniano

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um vídeo divulgado pelo jornal The New York Times nesta terça (14) mostra dois mísseis iranianos sendo disparados em direção ao avião ucraniano derrubado por militares do Irã na semana passada. Os disparos ocorrem com intervalo de cerca de 30 segundos entre um e outro.

As imagens, obtidas via câmeras de segurança, foram analisadas e confirmadas pelo jornal.

Nenhum dos mísseis derrubou o avião imediatamente, que seguiu voando de maneira errática em direção ao aeroporto internacional de Teerã, enquanto pegava fogo. A aeronave caiu momentos mais tarde no vilarejo de Khalaj Abad.

O Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines caiu cinco minutos após decolar do aeroporto Imam Khomeini, em Teerã. A aeronave partiu às 6h12 na hora local (23h42 de terça em Brasília) e seguia para Kiev.

Todas as pessoas a bordo morreram. Entre as vítimas, havia 82 iranianos, 57 canadenses e 11 ucranianos. Boa parte dos passageiros faria uma conexão para um voo com destino ao Canadá.

O Irã levou alguns dias para reconhecer que a Guarda Revolucionária do país tinha derrubado o avião, culpando inicialmente problemas técnicos da aeronave. No sábado (11), o general Amir Ali Hajizadeh, comandante da seção aeroespacial, assumiu a culpa pelo erro em uma declaração à TV estatal. "Preferiria estar morto a testemunhar um acidente semelhante", afirmou.

Uma equipe de especialistas canadenses que ingressou na investigação visitou o local do acidente nesta terça, informou uma agência de notícias iraniana. Além disso, o premiê canadense, Justin Trudeau, pediu a ajuda de Kiev para conversar com o Irã sobre a identificação dos corpos dos cidadãos canadenses que foram mortos.