Vídeo de Nando Reis circula com áudio adulterado e vinculado à apresentação inexistente no Rock in Rio

Em um show realizado em Minas Gerais no dia 16 de julho de 2022, o cantor Nando Reis gritou “fora Bolsonaro” e foi respondido com vaias e aplausos do público. Meses depois, a cena passou a circular nas redes sociais, com mais de 200 compartilhamentos, como se o público, em coro, gritasse “mito” em uma apresentação do cantor do Rock in Rio em setembro de 2022.  Mas o áudio da gravação foi adulterado.

“Nando Reis, você perdeu a grande oportunidade de ficar calado. Kkkk Que fala o que quer , ouve o que não quer. É um palco para show ou é um palco Político? ROCK IN RIO 22. BOLSONARO 22.”, diz uma das publicações que circula no Facebook (1, 2), Twitter (1, 2).

Captura de tela realizada em 10 de setembro de 2022 de uma publicação no Twitter ( . / )

O texto dizendo que tal apresentação foi no Rock in Rio de 2022 foi sobreposto a um vídeo que circula no Kwai desde 25 de agosto de 2022.

Contudo, o artista não consta como uma das atrações no line-up do festival. Na agenda de shows do cantor disponível em suas redes sociais também não há nenhuma menção ao Rock in Rio 2022.

O Checamos já tinha verificado o mesmo conteúdo em julho de 2022, quando o vídeo foi compartilhado como se mostrasse um show do cantor em Minas Gerais no dia 16 desse mês.

Na época, uma pesquisa no Google pelos termos “Nando Reis fora Bolsonaro” levou a notícias (1, 2) sobre vaias recebidas pelo cantor após a sua manifestação política no palco. Esses veículos mostraram gravações - compartilhadas, inclusive, por Mario Frias, ex-secretário de Cultura e aliado do presidente Jair Bolsonaro - em que não se ouve o coro de “mito”.

Segundo a imprensa, a cena aconteceu no festival de música Prime Rock Brasil BH, realizado em Minas Gerais, em 16 de julho de 2022.

Uma busca no YouTube pelo nome do evento levou à transmissão ao vivo do show, na qual pode-se ver o momento em que os fãs do cantor reagem ao grito de “fora Bolsonaro” de Nando Reis, sem que haja um coro de “mito”: