Vítor Pereira comenta relação com Jorge Jesus: 'Desenvolvemos uma amizade'

O novo mister do Flamengo, Vítor Pereira, apresentado como técnico na tarde desta terça-feira, é português como o multicampeão Jorge Jesus, e tem histórico com o treinador. Durante duas temporadas, eles se enfrentaram em Portugal, quando o atual comandante rubro-negro liderava o Porto, e o ex-técnico chefiava o Benfica, e Vítor afirmou relação era um pouco "chispada", expressão que indica uma certa rivalidade entre os dois.

— Era um carinho um pouco chispado, andava sempre ali no limite. Depois de termos esses dois campeonatos, com o Benfica e o Porto muito fortes, e desenvolvemos uma certa amizade. Admiro cada vez mais os treinadores, seja quem for, porque muitas vezes representamos um papel e no fundo não somos assim. Nós desenvolvemos essa agressividade que muitas vezes as pessoas confundem como arrogância — afirmou o treinador.

Ele comentou sobre a característica dos dois de serem muito expressivos durante os jogos, mas afirmou que fora dos gramados são bem diferentes, e que aprecia a amizade que desenvolveram. Vítor Pereira também falou sobre a presença de treinadores que estão à frente de clubes de outros países.

— Há uma diversidade tática muito grande, e por isso que esse campeonato, além do calendário, se torna complicado. A Inglaterra tinha um jogo padronizado, e quando os treinadores estrangeiros começaram a partilhar suas ideias o jogo evoluiu de uma forma rápida. Só temos a ganhar com a partilha do conhecimento. Os estrangeiros tem muito a evoluir com os brasileiros, e os brasileiros também consigam acrescentar algo com a nossa partilha — avalia.