Vôlei: Michelle brilha, Praia Clube vence Minas e abre vantagem na decisão da Superliga Feminina

Marcello Neves
·2 minuto de leitura

No clássico mineiro entre as duas últimas campeãs da Superliga Feminina de Vôlei, melhor para quem teve Michelle em quadra. A ponteira brilhou no Centro de Desenvolvimento de Vôlei (CDV), em Saquarema (RJ), e liderou o Praia Clube para abrir vantagem na decisão. Nesta sexta-feira, diante do Minas, vitória pelo placar de 3 sets a 1 (parciais de 25/21, 25/12, 21/25 e 25/23).

A dominicana Brayelin, do Praia Clube, foi a maior pontuadora do jogo, com 22 acertos. Pelo lado do Minas, a oposto Danielle Cuttino foi quem mais pontuou, com 18. Porém, o troféu Viva Vôlei foi entregue à ponta Michelle Pavão, da equipe do Triângulo Mineiro.

— Essa vitória é de toda a equipe, jogamos em conjunto. Não tem nada ganho, mas o primeiro passo foi dado. A equipe toda está de parabéns. Demonstramos isso o campeonato inteiro. Pude ajudar no ataque e fiquei feliz por isso. Venho trabalhando a temporada inteira e deu certo hoje — declarou Michelle.

O segundo jogo entre as equipes mineiras está marcado para o próximo sábado (03), às 21h, novamente no CDV. Caso o Praia Clube vença novamente, ficará com o título da Superliga Feminina pela segunda vez em sua história. Já o Minas luta para empatar a série, forçar o terceiro jogo e manter vivo o sonho do tetracampeonato.

— Foi uma derrota que sabíamos que poderia acontecer. O Praia é uma grande equipe. Nosso jogo estava muito marcado, não tivemos todas as nossas jogadores fazendo o que poderiam fazer dentro de quadra. Mas sabemos que tem o segundo jogo, acreditamos na força da nossa equipe e temos que virar a chave para correr atrás do resultado. Esperamos buscar essa vitória no sábado — lamentou Carol Gattaz.

Final – 2ª rodada

03.04 (SÁBADO) – Dentil/Praia Clube (MG) x Itambé/Minas (MG), às 21h, no CDV

Final – 3ª rodada (se necessário)

05.04 (SEGUNDA-FEIRA) – Itambé/Minas (MG) x Dentil/Praia Clube (MG), às 21h, no CDV

A decisão da Superliga desta temporada é disputada, pela primeira vez, em 'quadra neutra', devido aos procedimentos adotados contra a COVID-19. Por isso, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) decidiu criar uma 'bolha' no Centro de Desenvolvimento, em Saquarema, que concentra a preparação da Seleção Brasileira em todas as divisões.

Nesta temporada, Minas e Praia Clube duelaram duas vezes na Superliga. O time do treinador Nicola Negro levou a melhor no turno e no returno, por 3 sets a 0 e 3 sets a 1. Na final da Copa Brasil e do Campeonato Mineiro, novas vitórias do Minas, por 3 sets a 2 e 3 sets a 1.

Para chegar à decisão, o Minas passou pelo Brasília Vôlei (DF) nas quartas de final e pelo Sesi Vôlei Bauru (SP) nas semifinais em dois jogos nas duas séries. O Praia Clube superou o São Paulo/Barueri (SP) nas quartas de final e o Osasco São Cristóvão Saúde (SP) nas semifinais também em dois jogos.