Vacinação contra a Covid-19 em pessoas de 41 anos começa nesta segunda (5) em São Paulo

·2 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP - 17.05.2021 - A cidade de São Paulo começa a vacinar nesta segunda-feira (17) as grávidas e as puérperas com a vacina da  Pfizer contra a covid-19. A vacinação ocorreu no Allianz Parque e contou com a presença do prefeito Ricardo Nunes depois da morte do Bruno Covas.  (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP - 17.05.2021 - A cidade de São Paulo começa a vacinar nesta segunda-feira (17) as grávidas e as puérperas com a vacina da Pfizer contra a covid-19. A vacinação ocorreu no Allianz Parque e contou com a presença do prefeito Ricardo Nunes depois da morte do Bruno Covas. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo começa nesta segunda-feira (5) a imunização contra a Covid-19 das pessoas com 41 anos. A vacinação deste público, estimado em aproximadamente 132 mil moradores, acontecerá até quarta-feira (7). Quem pertence a outros grupos elegíveis para a vacinação, como quem tem comorbidades, também poderá ser imunizado no período.

A Prefeitura de São Paulo, sob a gestão de Ricardo Nunes (MDB), decidiu escalonar a vacinação na cidade e anunciar as faixas etárias que podem receber as doses. Na sexta-feira (2), o prefeito disse que as datas só serão divulgadas quando houver garantias do envio de novas doses pelo governo do estado de São Paulo.

"Não temos como fazer uma afirmação ou a divulgação de um calendário porque ainda não temos alinhado com o governo do estado o recebimento de vacinas. A Prefeitura de São Paulo só vai comunicar a partir do momento que tiver certeza do compromisso do governo do estado com a entrega da vacina para não gerar todo aquele sofrimento que a gente teve", disse Nunes, durante visita ao residencial Vila dos Idosos na sexta-feira (2).

Entre os dias 21 e 24 de junho a cidade de São Paulo teve desabastecimentos do imunizante.

De acordo com o site Vacina Sampa, a partir de quinta-feira (8), será iniciada a imunização do grupo de 40 anos. Em seguida, na sexta (9) e sábado (10), também segundo o site, haverá a repescagem para 40 e 41 anos, e a segunda dose para todos os grupos.

Para vacinar-se, é necessário apresentar um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente CPF e cartão SUS (Sistema Único de Saúde).

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como RG, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável.

O preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

A Prefeitura faz questão de ressaltar que todas as vacinas disponíveis foram aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e são eficazes e seguras contra a Covid-19. Não há necessidade nem possibilidade de escolher um imunizante específico.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos