Vacinação contra a gripe está suspensa em sete cidades da Baixada Fluminense

Cíntia Cruz
1 / 4

87638911_CI Rio de Janeiro RJ 25-03-2020 Corona Virus Posto Vasco Barcelos no centrro de Nova I.jpg

Dona Wanda observa o aviso no Centro de Saúde Vasco Barcelos

No terceiro dia de vacinação contra a gripe, outras cinco cidades da Baixada Fluminense suspenderam a imunização por falta de doses. Em Nova Iguaçu, Guapimirim, Nilópolis, Queimados e São João de Meriti, os estoques foram zerados e a campanha só deve retomar no fim desta semana ou no início da próxima. Nesta terça-feira, Duque de Caxias, Japeri, Magé e Mesquita já haviam anunciado que seus estoques também estavam zerados. Magé informou que as doses estão sendo aplicadas, até o dia 27, em idosos com mais de 80 anos. Segundo a Prefeitura de Mesquita, a previsão é de que a segunda cota de vacinas esteja disponível nesta quinta-feira, a partir das 12h, em todos os postos.

No Centro de Saúde Vasco Barcelos, em Nova Iguaçu, um cartaz avisava sobre a vacinação suspensa, após 48 mil doses serem aplicadas só no primeiro dia. Indignada, a pensionista Wanda Maria Moreira, de 69 anos, reclamou por não ter sido imunizada.

— Deixamos para vir hoje, gastamos com Uber e não conseguimos. Não é possível que um posto desse não tenha mais vacinas no terceiro dia — criticou Wanda, que foi acompanhada pela irmã, Leila Moreira, de 57 anos.

Sem conseguir a vacina na unidade, a dona de casa Aurenice Cunha dos Reis, de 75 anos, decidiu esperar até abril:

— Vim comprar meu remédio para diabetes na farmácia popular e aproveitei para me vacinar. É um absurdo não ter mais. Agora vou deixar para o mês que vem.

A professora Cristiane Pereira, de 40 anos, também não conseguiu vacinar a avó, Dona Eunice Nascimento, de 92 anos. Ela rodou os postos em Nova Iguaçu e tentou a vacinação até no drive thru de vacinas no Riocentro:

— Quando chegamos, não tinha mais doses. É uma total falta de planejamento. Isso já era para estar programado, ainda mais com essa história de coronavírus. Óbvio que a procura seria grande.

Em Duque de Caxias, após ficar na fila do Posto de Saúde Duque de Caxias por dois dias e não conseguir senha para a vacinação, a aposentada Sueli Ferreira Soliva, de 62 anos, desistiu:

— Já é a segunda vez que venho e não consigo a senha . Agora vou esperar. Não vou ficar andando à toa. Isso me coloca em risco. Já sou de idade e tenho que me cuidar.

Em São João de Meriti, a dona de casa Maria Aparecida da Silva, de 63 anos, pensou que conseguiria receber a dose da vacina nesta quarta-feira. Deixou para ir ao Centro Cultural Meritiense na parte da tarde. Mas um cartaz informava que a vacinação só vai retomar na segunda-feira.

— Estou tentando desde segunda-feira. Já fui até ao Shopping Grande Rio, mas estava muito cheio e, na minha vez, não tinha mais — lamentou.

A Prefeitura de Duque de Caxias informou que algumas unidades tiveram que suspender a vacinação, aguardando a reposição das doses no município, feita pela Secretaria Estadual de Saúde. A Secretaria Municipal de Saúde  informa ainda que o recebimento das vacinas está programado para esta quarta-feira e a reposição na rede deverá ser feita a partir da manhã desta quinta-feira. Em Magé, do dia 30 até 3 de abril, a vacinação será para idosos de 70 a 79 anos.

Japeri informou que recebeu 4.700 doses da vacina e que todas foram aplicadas no primeiro dia da campanha. O agendamento para a próxima retirada de vacinas, segundo a prefeitura, é para a próxima sexta-feira, dia 27. Segundo Queimados, novas doses devem chegar nesta quinta-feira. Nilópolis afirmou que as vacina cheguem nesta sexta-feira. São João de Meriti, Guapimirim e Nova Iguaçu aguardam nova remessa da Secretaria estadual de Saúde.