Vacina contra Covid: Anvisa recebe pedido da Pfizer para imunizar crianças de 6 meses a 4 anos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu nesta sexta-feira o pedido de autorização de uso da vacina contra a Covid-19 da Pfizer para a faixa etária de 6 meses a 4 anos de idade. A avaliação deve durar, inicialmente, 30 dias, que começam a ser contado a partir da próxima segunda-feira. O período pode se estender caso a autarquia solicite dados adicionais à farmacêutica.

Varíola dos macacos: Ministério da Saúde deve receber primeiras vacinas em setembro

Monkeypox: Brasil confirma morte por varíola dos macacos, primeira fora da África

Entrevista: 'Estava com a saúde bastante fragilizada', diz diretora de hospital sobre primeira vítima letal de varíola dos macacos no Brasil

Segundo a Pfizer, o pedido é para a aplicação de três doses — com três semanas de intervalo entre a primeira e a segunda. A terceira vem oito semanas após a última dose. O esquema vacinal — de duas doses a partir dos 5 anos — mudou devido a dados de segurança, tolerabilidade e imunogenicidade.

"A análise técnica será feita pela Anvisa de forma rigorosa e com toda a cautela necessária para avaliação de imunizantes destinados a esse público específico", diz a nota.

Morte prematura e piora na qualidade de vida: Pessoas pobres desenvolvem múltiplas doenças crônicas dez anos mais cedo, aponta estudo da Nature

Dados do Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe), gerido pelo Ministério da Saúde, mostram que pelo menos 648 crianças de 6 meses a 4 anos tiveram as vidas ceifadas pela Covid-19 no Brasil desde o início da pandemia. O número sobe para 16.365 quando considerados casos graves na faixa etária no país. As informações foram filtradas pela Rede Análise Covid-19.

O imunizante da Pfizer já é aplicado nos Estados Unidos nessa faixa etária. Caso haja aprovação no Brasil, a Anvisa incluirá o público na bula da vacina, já liberada para crianças a partir dos 5 anos. A CoronaVac, por sua vez, tem aval a partir dos 3 anos. Não há vacinas contra a Covid-19 para bebês no Brasil.

A formulação das vacinas contra a Covid-19 da Pfizer são iguais em relação às faixas etárias. O que muda é que a dosagem é de 3 µg para crianças de 6 meses a 4 anos — o equivalente a 30% da das doses pediátricas recebidas pelo público de 5 a 11 anos.

“A submissão tem como base dados de um estudo controlado randomizado de fase 2/3, que incluiu 4.526 crianças de 6 meses a 4 anos de idade. Nele, as crianças receberam 3 doses de 3 µg, com um intervalo de 3 semanas entre a primeira e segunda dose, seguida de uma terceira dose, pelo menos 8 semanas após a segunda, em um momento em que Ômicron era a variante predominante. A dose de 3 µg, que é 1 décimo da dose para adultos, foi criteriosamente selecionada para esta população com base nos dados de segurança, tolerabilidade e imunogenicidade”, diz a nota da Pfizer.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos