Vacina contra covid: China aprova primeiro imunizante por inalação

Ilustração de vírus
Além da vacina da empresa chinesa CanSino, há outros imunizantes por inalação em estudo no mundo

A China se tornou o primeiro país a aprovar uma vacina inalada contra a covid-19.

Produzida pela empresa chinesa CanSino, a vacina tem ingredientes semelhantes à versão injetada do imunizante, usando um adenovírus inofensivo como portador do código genético que ensina o corpo a combater o coronavírus.

Segundo a empresa, a vacina Convidecia Air pode fornecer boa proteção após apenas uma respiração.

Há outras pesquisas pelo mundo com vacinas no formato de spray nasal, como no Reino Unido e nos Estados Unidos.

Para os cientistas, esse tipo de imunizante pode dar proteção adicional no revestimento do nariz e das vias aéreas superiores, por onde o coronavírus normalmente começa a infectar o organismo.

A Administração Nacional de Produtos Médicos da China concedeu aprovação à CanSino para que sua vacina inalada seja usada como dose de reforço. Estudos sugerem que a Convidecia Air pode aumentar a proteção naqueles que já receberam pelo menos uma dose da vacina injetada.

- Este texto foi originalmente publicado em https://www.bbc.com/portuguese/geral-62803920

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!