Vacina da Pfizer é recomendada para adolescentes

·1 minuto de leitura
  • Grupos antivacina compartilham informação falsa nas redes sociais

  • Em junho, a Anvisa aprovou o imunizante da Pfizer para jovens de 12 a 15 anos

  • Bula deixa claro que a vacina pode ser usada em adolescentes nessa faixa etária

Grupos antivacina compartilham mensagens nas redes sociais desencorajando a imunização contra a Covid-19. Dessa vez, espalham boatos questionando a segurança da vacina da Pfizer dizendo que ela não é recomendada para adolescentes, o que é falso.

Em uma das publicações que circulam nas redes sociais, um usuário disse que não vai levar a filha para ser imunizada contra a Covid-19 e alega de forma enganosa que a bula da vacina da Pfizer não recomenda o uso da vacina para menores de 16 anos.

Em junho a Anvisa autorizou o uso do imunizante para pessoas com mais de 12 anos (Foto: Twitter/Reprodução)
Em junho a Anvisa autorizou o uso do imunizante para pessoas com mais de 12 anos (Foto: Twitter/Reprodução)

Leia também:

Em junho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) passou a autorizar a aplicação do imunizante para pessoas com 12 anos de idade ou mais. Na nota, a Anvisa diz que a aprovação do uso da vacina em adolescentes foi feita “após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para este grupo. Os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela Anvisa.”

A partir de então, a bula da vacina da Pfizer passou a indicar esta faixa etária. Anteriormente, ela só era aplicada em pessoas com mais de 16 anos. O imunizante da Pfizer é o único que pode ser aplicado em menores de idade no Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos