Vacina da Pfizer pode ser usada em jovens de 12 a 15 anos na Europa a partir de junho

·2 minuto de leitura
APRIL 27th 2021: The Centers for Disease Control and Prevention (CDC) eases outdoor facemask guidance for vaccinated Americans. - File Photo by: zz/John Nacion/STAR MAX/IPx 2020 7/28/20 A view of Pfizer Inc. World Headquarters in Midtown Manhattan on July 28, 2020 as New York City enters Phase 4 of the reopening process as certain restrictions are eased during the worldwide coronavirus pandemic. (NYC)
Expectativa da Pfizer é ter autorização para uso da vacina em jovens de 12 a 15 anos até o fim do primeiro semestre (Foto: zz/John Nacion/STAR MAX/IP)
  • BioNTech vai pedir autorização de uso da vacina da Pfizer em jovens de 12 a 15 anos na Europa

  • Aprovação demora de 4 a 6 semanas

  • Pfizer e BioNTech já fizeram pedido à agência regulatória dos Estados Unidos

O laboratório alemão BioNTech, responsável pela produção da vacina da Pfizer contra a covid-19, vai pedir à União Europeia a autorização para que o imunizante seja administrado em jovens de 12 a 15 anos.

Em entrevista à revista alemã Spiegel, o cofundador e diretor do laboratório, Ugur Sahin, disse que a BioNTech, está nas últimas etapas antes de apresentar os testes clínicos à Agência Europeia de Medicamentos. “A validação levará entre quatro e seis semanas”, afirmou.

Leia também

Em todo o mundo, até o momento, a vacina da Pfizer/BioNTech está sendo aplicada em pessoas a partir de 16 anos.

Até o momento, já foram feitos os estudos de fase 3 em jovens de 12 a 15 anos. Os resultados foram publicados em março e demonstraram eficácia de 100% contra a covid-19. A Pfizer e a BioNTech já fizeram o pedido de uso da vacina para jovens no FDA, agência reguladora dos Estados Unidos. A autorização foi requisitada no começo do mês de abril.

O laboratório espera ter os resultados para mais grupos etários. Em julho, a ideia é concluir os testes em crianças de 5 a 12 anos e, até setembro, ter os resultados da vacinação em bebês a partir de seis meses.

“Em julho, os primeiros resultados poderiam estar disponíveis para crianças de 5 a 12 anos, em setembro para crianças mais novas”, afirmou Sahin. “ Se tudo correr bem, assim que os dados forem avaliados, poderemos apresentar o pedido de aprovação da vacina para todas as crianças da respectiva faixa etária nos diferentes países.”

Vacinas da Pfizer no Brasil 

O Brasil recebe nesta quinta-feira (29) o primeiro lote de vacinas da Pfizer. O imunizante já tem autorização de uso definitivo no país. A expectativa é que, por volta das 19h, um carregamento com um milhão de doses da vacina chegue ao aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo.

A chegada das doses acontece três meses depois de o governo Bolsonaro dizer que a compra de vacinas da farmacêutica geraria “frustração” nos brasileiros. Em 24 de janeiro, o Ministério da Saúde emitiu uma nota para explicar porque havia rejeitado a chegada de vacinas ao país.