Vacinação em SP: Na capital, lactantes com comorbidades podem se imunizar a partir de segunda (7)

·3 minuto de leitura
A health worker prepares a CoronaVac vaccine against COVID-19 during an immunization campaign for people on the streets in Sao Paulo, Brazil, on March 30, 2021. (Photo by Miguel SCHINCARIOL / AFP) (Photo by MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)
Lactantes com comorbidades poderão se vacinar a partir de segunda-feira, 7 de junho (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)
  • Lactantes com comorbidades e filhos de até um ano podem começar a se vacinar contra covid-19 na cidade de São Paulo

  • Mulheres devem levar certidão de nascimento e laudo médico

  • Não há restrição de vacinas para mulheres que estão amamentando

A partir da próxima segunda-feira (7), a prefeitura de São Paulo começa a vacinar mulheres lactantes com comorbidades, com filhos de até um ano. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (2) pelo prefeito Ricardo Nunes. 

"Aproveitar para falar que segunda-feira a gente inicia a vacinação das lactantes com comorbidades, é uma demanda muito forte. Na minha rede social sempre aparecem as lactantes falando. A gente conseguiu agora, era para tentar fazer na semana passada, mas não conseguimos. Na segunda-feira inicia", declarou o prefeito. 

Leia também

"A gente vai avançando, em uma velocidade que a gente gostaria que fosse maior, mas chegando a vacina, toda nossa equipa vai colocando a vacinação em disposição", disse. Não há restrições de vacinas para serem aplicadas em lactantes. 

As mulheres que forem se vacinar devem apresentar um laudo médico para comprovar a comorbidade e, além disso, a certidão de nascimento da criança de até um ano. Segundo o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, a estimativa é que a cidade de São Paulo vacine 28 mil mulheres neste grupo. 

Nesta quarta, o estado de São Paulo começou a vacinação de pessoas com comorbidades e com deficiência definitiva (BPC) entre 30 e 39 anos

Confira o calendário de vacinação contra a covid em SP:

  • 10 de maio: pessoas com Sindrome de Down, Imunossiprimidas pacientes transplantados, pacientes renais em terapia

  • 11 de maio: metroviários e ferroviários; pessoas com deficiência permanente entre 50 e 59 anos

  • 14 de maio: pessoas com comorbidades entre 50 e 59 anos

  • 17 de maio: grávidas e puérperas com comorbidades com mais de 18 anos

  • 18 de maio: motoristas e cobradores de ônibus

  • 21 de maio: pessoas com comorbidades entre 45 e 49 anos e pessoas com deficiência permanente (BPC) entre 45 e 49 anos

  • 28 de maio: pessoas com comorbidades entre 40 e 44 anos e pessoas com deficiência permanente (BPC) de 40 a 44 anos; trabalhadores aeroviários

  • 1 de junho: portuários

  • 2 de junho: pessoas com comorbidades entre 30 e 39 anos e pessoas com deficiência permanente (BPC) de 30 a 39 anos

  • Entre 1 e 20 de julho: pessoas de 55 a 59 anos

  • Entre 21 e 31 de julho: profissionais da educação entre 18 e 46 anos

  • Entre 2 e 16 de agosto: pessoas de 50 a 54 anos

  • A partir de 17 de agosto: pessoas de 45 a 49 anos

Saiba quais as comorbidades estão contempladas no Plano Nacional de Imunização:

  • Doenças cardiovasculares

  • Insuficiência cardíaca

  • Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar

  • Cardiopatia hipertensa

  • Síndrome coronarianas

  • Volvopatias

  • Miocardiopatias e pericardiopatias

  • Doença de Aorta, dos Grandes Vasos e Fistolas arteriovenosas

  • Arritmias cardíacas

  • Cardiopatias congênitas no adulto

  • Próteses valvares e dispositivos cardiacos implantados

  • Diabetes mellitus

  • Pneumopatias crônicas graves

  • Hipertensão arterial resistente

  • Hipertensão arterial estágio 3

  • Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo

  • Doença cerebrovascular

  • Doença renal crônica

  • Imunossuprimidos

  • Anemia falciforme

  • Obesidade mórbida

  • Cirrose hepática

  • HIV

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos