Vacinados podem se reunir sem máscara nos EUA

·2 min de leitura
(Arquivo) Enfermeira Sandra Lindsay (e) é vacinada contra a covid-19 em Nova York

As pessoas vacinadas contra a covid-19 podem se reunir entre elas em pequenos grupos em locais fechados sem usar máscara ou respeitar o distanciamento social, informaram as autoridades de saúde dos Estados Unidos nesta segunda-feira (8).

Os vacinados também podem se reunir sem máscara com pessoas não-imunizadas de outra casa se elas não apresentarem fatores de risco contra a covid-19, disse em coletiva imprensa Rochelle Walenski, diretora dos Centros para a Prevenção e o Controle de Doenças (CDC), a principal agência federal de saúde pública do país.

No entanto, os vacinados que se reunirem com pessoas não-vacinadas de várias casas diferentes de uma vez terão que continuar usando máscara e manter o distanciamento social.

Além disso, deverão fazer o mesmo nos espaços públicos e evitar as viagens e aglomerações com muitas pessoas.

Walensky afirmou que uma pessoa é considerada vacinada após duas semanas da injeção da segunda dose, no caso dos produtos da Pfizer/BioNTech e Moderna, ou da dose única, no caso da Johnson & Johnson.

Até o momento, somente essas três vacinas estão autorizadas nos Estados Unidos.

- Visita dos avós -

"Se os avós se vacinarem, podem visitar seus filhos e sua família, inclusive se eles não estiverem vacinados", contando com que não haja fatores de risco que os tornem mais propensos a ter formas graves de covid, disse Walensky.

Esses fatores de risco são, entre outros, obesidade, diabetes ou doenças cardiovasculares.

Os vacinados não precisam entrar em quarentena ou fazer um teste se não apresentarem sintomas depois de entrarem em contato com alguém infectado com covid-19.

Essas recomendações eram muito esperadas, mas as medidas de restrição obrigatórias continuam sendo aplicadas em nível local nos Estados Unidos. Recentemente, vários estados levantaram a obrigação de usar máscaras devido à queda das hospitalizações e dos novos casos registrados nas últimas semanas.

Atualmente, 9,2% da população americana está "totalmente vacinada", segundo as autoridades. Em todo o país, foram aplicadas 90 milhões de doses.

A campanha de vacinação continua crescendo. Uma média diária de 2,2 milhões de pessoas recebeu a injeção na última semana, com um recorde de 2,9 milhões no sábado, disse à imprensa Andy Slavitt, conselheiro da Casa Branca para a pandemia.

ia/ec/dga/gma/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos