Vagas na Libertadores, Sul-Americana e rebaixamento: o que ainda falta definir no Brasileirão

Com o título já matematicamente definido para o Palmeiras, o que tem agitado o Campeonato Brasileiro é a disputa por uma vaga no G8, que classifica para a Libertadores, e também contra o rebaixamento. Até o momento, as distâncias dos times em vantagem são seguras, mas a próxima rodada pode dar ainda mais emoção para a 38ª, no dia 13 de novembro, onde todos os dez jogos ocorrerão simultaneamente.

Em relação a Libertadores, são cinco times brigando pelas duas últimas vagas do G8. Atualmente em vantagem, Atlético-MG e São Paulo possuem os elencos mais fortes e têm grandes chances de garantir a vaga. Mas com ambas as equipes com adversários difíceis na próxima rodada, tudo pode mudar.

Com 52 pontos, o Galo ocupa a sétima colocação. Na segunda-feira, o time de Cuca enfrentará o Botafogo, 11º com 47. Mesmo que venha de uma derrota frustrante para o Cuiabá na última rodada, o alvinegro é o segundo melhor visitante do Brasileirão e precisa vencer para continuar com alguma chance de classificação para a Libertadores.

Já o São Paulo, oitavo colocado com 51, enfrenta o Fluminense no Maracanã. Se não vencer o tricolor carioca, o clube paulista pode sair da zona de classificação para a Libertadores. Para isso, basta que o América-MG, nono colocado com 49 pontos, vença o Bragantino em Bragança, ou o Fortaleza, décimo com 48 pontos, ganhe do Atlético-GO no Castelão.

Como apenas dois times se classificarão, os outros três times que não jogarem a Libertadores ainda poderão participar de um torneio internacional. América-MG e Fortaleza já estão classificados para a Sul-Americana, e o Botafogo precisa de apenas um empate nos próximos três jogos para isso.

Por sua vez, Santos (46), Bragantino (44) e Goiás (43) também tem a situação bem encaminhada. Com oito, seis e cinco pontos de distância para o Coritiba (38), respectivamente, paulistas e goianos devem ir para a competição internacional.

Mesmo assim, a torcida do Coritiba já tem um motivo para ficar feliz. Com a vitória no apagar das luzes contra o Juventude, a equipe paranaense abriu quatro pontos para o Z4. Nas próximas duas rodadas, o Coxa joga em casa com Flamengo e Corinthians.

Já o Cuiabá (37), primeiro time fora da zona, também deu uma respirada com a vitória fora de casa contra o Botafogo.

A dupla Ceará e Atlético-GO, que ocupa as duas primeiras posições dentro da zona de rebaixamento, tem confrontos dificílimos, fora de casa contra equipes da parte de cima da tabela, e precisam da vitória de qualquer jeito.

O Avaí, que ainda tem chances matemáticas, precisa de uma combinação de resultados bem improvável para escapar do retorno para a Série B em 2023.