Vai dar pizza: Fachin e suas ligações com PT e... JBS!!!!

 

 

24/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, participa de banca de concurso para professor da Uerj, na Procuradoria-Geral do Município
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil)

Eis o quer relatou Ricardo Noblat em seu blog hoje:

Como contou, hoje, o jornalista Jorge Bastos Moreno em O GLOBO, o jurista Edson Fachin admite que pediu ajuda “ao pessoal da JBS” em 2015 para ser nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

A JBS era a empresa com o maior número de parlamentares eleitos. A indicação de Fachin para o STF dependia dos votos de senadores. Ricardo Saud, diretor da JBS, de fato ajudou Fachin a cabalar votos.

Hoje, Saud é um dos delatores da HBS, e Fachin, o relator da Lava Jato no STF. Seguramente, o ministro nada teve a ver com a sorte grande da JBS na negociação dos termos de sua delação premiada.

Vejam o que publiquei em 11 de maio de 2015 neste blog:

 

 

Vejam o que acabei de ler na mídia:

O jurista Luiz Edson Fachin, indicado pela presidente Dilma Roussef para ocupar uma das cadeiras no Supremo Tribunal Federal (STF), criou uma página na internet para responder às críticas que estão circulando na internet desde que uma nota técnica do Senado apontou dupla atividade profissional quando ocupou cargo de procurador do Estado no Paraná.

O Movimento “Fachin Sim”, criado na semana passada, tem usado Twitter, Facebook e até YouTube, além do site, para defender a indicação.

Fachin deve  ser sabatinado nesta terça pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Tem sido criticado por já ter defendido casamento aberto e poligamia.

O site que defende cegamente Fachin é o www.Fachinsim.com.br

Sabem o que este blog descobriu?

Quem mantém o site do Fachin é Renato Rojas da Cruz, da Universidade de Brasília, que se jacta por ter trabalhado na última campanha presidencial de Dilma Roussef, quando foi o chefe, segundo ele mesmo explica em seu curriculum, da “equipe de criação de redes sociais”.

http://bit.ly/2rEggg9

Fomos citados pela Folha de S. Paulo:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/05/1627667-site-pro-fachin-foi-criado-por-integrante-da-campanha-de-dilma.shtml

Bem…E agora, Fachin?