Vai investir? Da padaria até a barbearia, Caito Maia acredita na modernização

·1 minuto de leitura

Muito é criado todos os dias, mas para Caito Maia, é preciso renovar o que já existe. Para ele, os setores de alimentação, por exemplo, precisam de uma modernização. E sugere que comecemos pelas padarias. “Não que não possa ter a chapa do x burguer, mas tem que ter outras coisas. As pessoas querem saúde, um pão diferente”, argumenta. Há oportunidades que devem ser renovadas, defende o empresário.

Leia também:

Comprar óculos escuros na Chilli Beans, como bem sabem os brasileiros, é uma experiência única. O cliente chega nos famosos e coloridos quiosques, onde jovens ‘descolados’ oferecem não apenas um produto, mas novas formas de se apresentarem, já que aquele adereço vai - ou pelo menos tentará - te dar uma cara nova.

E assim Caito exemplifica como a modernização garante sucesso quando o empreendedor busca um setor que está bombando. “Você tem setores gigantescos que estão velhos, esquecidos e arcaicos. A Chilli Beans, há 25 anos atrás, as óticas pareciam hospitais, com jalecos brancos e ambientes fechados. Pegamos um setor que já existia e demos uma cara nova”, conta.

Vender pede brilho nos olhos

“Eu acredito mais do que ninguém no meu negócio”. Para Caito Maia, fundador da Chilli Beans, o empreendedor deve ter um brilho nos olhos na hora de vender sua ideia. Ao mesmo tempo, ele pede a 'consciência de business’: se já houve contas, se o negócio para em pé, se sabe de suas margens e consultou pessoas experientes para ajustar as arestas.

O primeiro passo é a objetividade. "É preciso ter clareza do que quer. Quando a pessoa começa a patinar demais, isso me incomoda”, explica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos