Vai morar sozinho em 2021? Veja como decorar a casa sem gastar muito

Stephanie Tondo
·2 minuto de leitura
Pexels

Uma das resoluções de Ano Novo mais comuns, especialmente entre as pessoas mais jovens, é realizar o sonho de morar sozinho. No entanto, sair da casa dos pais envolve planejamento e muitos gastos, que vão além das contas e do aluguel. Mobiliar e decorar a casa nova pode ser um desafio, principalmente quando se trata de um imóvel alugado. Mas é possível deixar o ambiente com personalidade, sem investir muito.

— É sempre interessante que o apartamento alugado venha com pelo menos armários. São itens de grande investimento e nem sempre é possível aproveitá-los em outro imóvel. Por ser uma moradia temporária, existe a possibilidade de a pessoa perder esse investimento, caso tenha que comprar ou mandar fazer um armário sob medida — explica a arquiteta Ana Paula Fonseca.

Ritiane Leme, arquiteta do Estúdio Casa70, acrescenta que é importante apostar em peças que garantam conforto e funcionalidade ao apartamento.

— Não é porque o espaço é alugado que não devemos investir em nossa qualidade de vida enquanto estivermos naquele lugar. É importante entender a sua rotina, para saber quais itens priorizar. Pense sempre em peças soltas e multifuncionais. Mesa e cadeiras, por exemplo, além da função convencional, podem ajudar na hora do home office. Já banquinhos e pufes podem funcionar como assento, apoio, e até compor a decoração — afirma.

Na hora de comprar móveis, eletrodomésticos e itens de decoração, é importante ficar de olho nas promoções e até mesmo em sites de produtos usados, como OLX e Enjoei, que podem ter opções em bom estado e com preço bem mais baixo em comparação ao mesmo produto novo.

Apesar de festas e aglomerações não serem aconselháveis durante a pandemia, é possível fazer uma lista virtual de chá de panela ou open house para os familiares e amigos que desejarem presentear a nova casa. Uma sugestão é marcar um encontro virtual para abrir os presentes e agradecer.

Detalhes com personalidade

Para Ana Paula, as melhores soluções para os apartamentos alugados são as de baixo custo e que podem retornar à configuração original de forma prática, como pintura, instalação de papel de parede, de itens decorativos como cortinas, tapetes, quadros e adesivos a gosto do novo inquilino.

— O legal é investir em itens que possam ser retirados e que sejam essenciais, por exemplo, os eletrodomésticos. São itens que podem ser aproveitados em qualquer outro imóvel.

Ritiane acrescenta que almofadas, mantas, cortinas e tapetes criam a base da decoração e preenchem o vazio, além de criar um clima mais aconchegante.

— Para finalizar, plantas e objetos que falem sobre o morador, tenham alguma história, ou tragam boas lembranças, irão ajudar a transformar o espaço vazio em um lar para chamar de seu — sugere.