Valesca Popozuda questiona doença de Bolsonaro: “Brasil não pode parar”

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Valesca Popozuda
    Brazilian singer, dancer, recording artist
Valesca Popozuda lembrou falas polêmicas de Jair Bolsonaro (foto: reprodução / instagram @valescapopozudaoficial e Agência Brasil)
Valesca Popozuda lembrou falas polêmicas de Jair Bolsonaro (foto: reprodução / instagram @valescapopozudaoficial e Agência Brasil)

Resumo da Notícia:

  • O presidente da república precisou ser internado após sentir um desconforto intestinal após as féias

  • Jair Bolsonaro (PL) está internado em São Paulo e será atendido pelo seu médico para uma avaiação mais completa

  • Valesca Popozuda e outros influenciadores relembraram falas polêmicas do político para comentar o fato

O ano começou com o presidente da república, Jair Bolsonaro (PL), apresentando um atestado médico no RH do Governo Federal no primeiro dia útil de 2022. O assunto foi muito comentado nas redes sociais e a cantora Valesca Popozuda relembrou falas do político para entrar na onda.

A artista republicou uma mensagem de uma fã que falava sobre o desconforto intestinal que fez o presidente ser internado em São Paulo nesta madrugada. “Comecei o ano torcendo pela ‘obstrução intestinal’ mais famosa do país”, dizia a mensagem.

Popozuda então questionou: “Mas o Brasil não pode parar, e a economia como que fica?” As sentenças foram ditas por Bolsonaro durante as duas ondas da pandemia de covid-19 que vitimou mais de 600 mil brasileiros.

Ele se referia às medidas de distanciamento social e controle de aglomerações promovidos por prefeitos e governadores de todo o Brasil. Desde o início da pandemia o chefe do executivo se mostrou contra as ações e chegou a criticar pessoas que cumpriam o isolamento social em algumas vezes.

Memes

Além de Valesca, outros internautas também lembraram das falas do presidente para comentar a nova internação. “Chega de frescura e de mimimi. Vai ficar reclamando desse intestino até quando? A pressa pra essa cirurgia de desobstrução não tem justificativa. Pra que essa ansiedade?”, escreveu Bic Müller.

“O cara não faz uma atividade física, não trabalha, toma café da manhã com coca cola, pão e leite condensado, e vem falar que a obstrução intestinal é culpa de facada. Vai tomar um Activia, presidente!”, recomendou Dudu Guimarães.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos