Borat 2: vaquinha virtual arrecada mais de R$ 600 mil para babá que aparece em novo filme

·2 minuto de leitura
Maria Bakalova e Jeanise Jones, em "Borat: Fita de Cinema Seguinte", dirigido por Jason Woliner e produzido por Two Films
Jeanise Jones (à direita) foi elogiada por evitar comentários misóginos durante o filme recém-lançado

Um valor equivalente a mais de R$ 600 mil foi arrecadado para apoiar uma estrela involuntária do novo filme "Borat: Fita de Cinema Seguinte", estrelado por Sacha Baron Cohen.

Jeanise Jones, de 62 anos, foi recrutada para o filme que mostra o jornalista cazaque Borat pregando peças em cidadãos americanos.

Ela aparece em várias cenas após ser convidada a tomar conta da filha fictícia do infame personagem de Cohen.

Após o lançamento do filme na semana passada, o pastor de sua igreja criou uma página de crowdfunding para os fãs "dizerem obrigado".

O pastor Derrick Scobey disse que Jones trabalhava na congregação da Igreja Batista Ebenezer, na cidade de Oklahoma. Devido à pandemia do coronavírus, ela recentemente perdeu seu emprego após 32 anos.

Na página da vaquinha virtual, Scobey disse que os produtores do filme pediram uma "avó negra para um pequeno papel em um documentário".

Durante as filmagens, Jones foi encarregada de cuidar de Tutar, a filha de Borat, interpretada pela atriz Maria Bakalova.

Em várias cenas, a mulher desvia dos comentários misóginos feitos pelo personagem de Sacha Baron Cohen. Ela também encoraja Tutar a "ser feliz" e diz a ela para "usar seu cérebro, porque seu pai é um mentiroso".

Sacha Baron Cohen como Borat
Sacha Baron Cohen retorna como Borat 14 anos depois do filme original

'Veio do coração'

"Isso não foi planejado para Jeanise. Tudo veio do coração", disse Scobey. "Ela é uma das pessoas mais autênticas que já conheci."

Em uma entrevista ao New York Post, Jones declarou que, durante sua aparição no filme, ela estava tentando dar os melhores conselhos possíveis.

"Nesse tipo de situação, você não pode deixar de ter paciência porque está tentando ajudar alguém — pelo menos, foi o que pensei", disse ela.

Em declarações à Variety, ela afirmou que ainda não assistiu ao filme, que atraiu milhões de telespectadores durante o fim de semana de estreia no Amazon Prime Video. Por seu papel, Jones recebeu US$ 3.600 (algo em torno de R$ 20 mil).

Jones revelou que, desde o início das filmagens, ela estava preocupada com o bem-estar de Tutar. Mas, depois que uma amiga mostrou um trailer do filme no começo deste mês, ela relembrou a experiência com bom humor.

"Estou feliz em saber que [a Sra. Bakalova] não está realmente nessa situação", disse ela à Variety. "[O Sr. Cohen], eu não sei. Não era real, então eu apertava sua mão e dizia: 'Você me pegou.'"

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!