Varíola dos macacos: mais dois casos da doença são confirmados na cidade do Rio

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS-Rio) informou, nesta quinta-feira, dia 23, que foram confirmados mais dois casos de varíola dos macacos na cidade. São dois homens, de 25 e 30 anos, residentes da cidade do Rio e sem histórico de viagem internacional ou contato próximo com viajante. Segundo a SMS, ambos estão em isolamento domiciliar, sendo monitorados diariamente pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e assistidos pelo Instituto Nacional de Infectologia (INI) da Fiocruz.

Golpe: Polícia prende suspeito de chefiar gangue de falsos ambulantes que atua em praias do Rio

Insegurança alimentar: Pesquisa mostra que 2,8 milhões de pessoas passam fome no estado do Rio

Com os dois novos casos, o município tem, até o momento, três casos confirmados da doença. De acordo com a SMS, todos apresentam boa evolução clínica, seguem em isolamento domiciliar e em monitoramento diário, assim como os seus contatos próximos que não apresentaram sintomas.

A capital foi a primeira do estado a ter um diagnóstico positivo para a doença e confirmou o caso na última terça-feira (14). O paciente é um homem de 38 anos residente em Londres, que chegou ao Brasil em 11 de junho e procurou atendimento médico no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz) no dia seguinte.

Na segunda-feira, dia 20, o Ministério da Saúde confirmou o segundo caso de varíola dos macacos no estado do Rio de Janeiro. Trata-se de um homem de 25 anos que vive em Maricá, na Região dos Lagos. Ele está em isolamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos