Varíola dos macacos pode ser contida nos EUA, diz Casa Branca

A Casa Branca disse neste domingo que está confiante de que as autoridades podem "eliminar" a varíola dos macacos — declarada como emergência de saúde pública internacional neste sábado — nos Estados Unidos, acelerando a implantação de vacinas e tratamentos contra a propagação do vírus.

Cronologia: Saiba a evolução da doença até se tornar emergência de saúde pública internacional

'Depoimento: As bolhas no corpo doem como queimadura': 1º brasileiro com a varíola dos macacos transmitida no país

— Acho que a varíola dos macacos pode ser contida — disse Ashish Jha, coordenador de resposta ao coronavírus da Casa Branca, à CBS News. — Respondemos rapidamente.

Jha rejeitou as acusações de que o governo do presidente Joe Biden foi pego de surpresa quando os primeiros casos surgiram nos Estados Unidos, há alguns meses.

Ele disse que Washington fez um aumento "muito substancial" em sua resposta, incluindo a recente compra de 800 mil doses de vacina da Dinamarca, desde o início do surto em maio, quando os estoques de vacina contra a varíola dos macacos eram limitados.

— O plano é eliminar esse vírus dos Estados Unidos. Acho que podemos fazer isso — disse Jha.

OMS: Combate à varíola dos macacos não pode cometer o mesmo erro que na Aids

Atualmente, o centro do surto nos Estados Unidos é a cidade de Nova York.

Jha admitiu que até o momento o vírus se espalha geralmente em homens que tiveram relações sexuais com outros homens, mas enfatizou que "outras pessoas também estão em risco, especialmente aquelas que estão em contato próximo com alguém infectado".

A Organização Mundial da Saúde ativou seu nível mais alto de alerta no sábado para tentar conter o surto, que afetou quase 17 mil pessoas em 74 países.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos