VAR errou? Imprensa argentina repercute possível falha em marcação de impedimento de Lautaro; entenda

A imprensa argentina ainda está lamentando o impedimento marcado de Lautaro Martínez, que anotaria o segundo gol da Argentina na derrota por 2 a 1 contra a Arábia Saudita, nesta terça-feira, no Estádio Lusail. Na ocasião, os hermanos venceriam a partida por 1 a 0. Os jornal 'Olé' e a 'TyC Sports' alegam que um possível erro poderia ter sido cometido ao contar o último defensor errado no lance para marcar a linha de impedimento.

A jogada aconteceu aos 27 minutos do primeiro tempo, quando Alejandro Gómez colocou Lautaro Martínez de cara para o gol. Ele dominou e tocou com categoria por cobertura sobre o goleiro Mohammed Al Owais. O VAR entrou em ação e o impedimento semi-automático assinalou impedimento no lance.

Mas o questionamento dos veículos é que a linha de impedimento foi traçada na linha do pé do zagueiro Saud Abdulhamid. No entanto, o correto deveria ser a localização do lateral Yasir Al Shahrani, que aparece na parte de baixo da imagem, e supostamente deixaria Lautaro Martínez em posição legal.

Como funciona o Impedimento Semiautomático

O novo recurso que chegou para auxiliar o VAR conta com a utilização de 12 câmeras montadas no teto dos estádios com o objetivo de rastrear a bola e 29 pontos de cada jogador, incluindo todos os membros e extremidades que são relevantes para a marcação do impedimento.

Um sensor, que envia dados para os responsáveis pela arbitragem de vídeo, também foi instalado no centro da bola da Copa do Mundo, a Al Rihla (a jornada, em árabe). A ferramenta vai auxiliar com precisão na identificação do momento do contato de um jogador com a bola.

Com as duas tecnologias juntas, os árbitros assistentes, presentes na sala de operação do VAR, recebem um alerta quando todos estes dados combinados demonstrarem para a inteligência artificial que há uma possível condição de impedimento. Vale ressaltar que os membros do VAR que validam as informações manualmente, antes de repassarem a decisão ao árbitro de campo.

Depois da decisão ser confirmada pelo árbitro de campo, uma animação 3D é gerada com o lance — as linhas e a posição dos jogadores envolvidos — para ser exibida nos telões e nas transmissões de TV. Com base nos resultados dos testes coletados durante o período pós Copa da Rússia, em 2018, a tecnologia de impedimento semiautomática é atualmente o sistema de suporte mais preciso disponível para árbitros de vídeo.