Varejo paulistano cresceu 25,5% em dezembro devido às compras de Natal

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

As vendas no varejo da capital paulista cresceram 25,5% em dezembro de 2022 na comparação com novembro, de acordo com o Balanço de Vendas, indicador feito pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) com base em amostra da Boa Vista. Em relação a dezembro do ano anterior, o balanço teve aumento de 0,7% e, comparado ao mesmo mês de 2019, a alta foi de 2,7%.

Segundo o economista Ulisses Ruiz de Gamboa, a alta em dezembro ocorreu porque a atividade econômica foi mais forte, além de haver maior taxa de ocupação e emprego. Também deve ser levado em conta o aumento da confiança do consumidor e das vendas registrado no Natal.

Notícias relacionadas:

“É preciso considerar que a alteração no funcionamento do comércio durante os dias de jogos da seleção brasileira influenciou negativamente nas vendas. Além disso, tivemos menos dias úteis entre um ano e outro”, disse Gamboa.

Segundo a ACSP, a pesquisa de intenção de compras de presentes para o Natal, encomendada pela entidade no início de dezembro, indicava que os consumidores não antecipariam as compras. “Isso foi confirmado nos resultados do indicador de dezembro. Não houve canibalização, por exemplo, entre Black Friday e Natal”, afirmou.