Variante ômicron gera crise sem precedentes no setor do turismo da Terra Santa

·2 min de leitura

O Natal de 2021 na Terra Santa é novamente afetado pela pandemia de Covid-19. A restrição a entrada de estrangeiros devido à variante ômicron está levando o setor turístico israelense e palestino a uma crise sem precedentes em cidades bíblicas como Belém, Jerusalém e Nazaré.

Daniela Kresch, correspondente da RFI em Tel Aviv

Há apenas um mês, havia otimismo no ar depois de quase dois anos sem turistas e um Natal vazio, em 2020. Os guias turísticos e os proprietários de hotéis esperavam uma temporada bem melhor, mesmo que ainda não a níveis pré-pandêmicos, já que milhares de estrangeiros haviam feito reservas para comemorar as festas de fim de ano em cidades israelenses e palestinas.

Tudo corria como o esperado, afinal, Israel havia reaberto suas fronteiras para visitantes estrangeiros em 1° de novembro, após meses de fechamento. Nesse clima de otimismo, a tradicional Árvore de Natal de Belém, que fica na Praça da Manjedoura - bem em frente à Igreja da Natividade, local onde, segundo a tradição cristã, Jesus nasceu - foi inaugurada em 4 de dezembro com toda a pompa e fogos de artifício.

No entanto, a variante ômicron mudou completamente a situação. A Terra Santa se prepara novamente para um Natal sem visitantes estrangeiros depois que Israel fechou novamente as fronteiras do país em 28 de novembro, menos de um mês depois da abertura. O objetivo foi evitar a propagação da variante ômicron na região.

O fechamento não poderia ter acontecido em um momento pior. O resultado é que cidades turísticas como Belém, Jerusalém e Nazaré estão novamente vazias.


Leia mais

Leia também:
Variante ômicron: Israel fecha suas fronteiras a todos os viajantes estrangeiros
Covid-19: Israel adota tecnologia do serviço secreto para conter variante ômicron
Covid-19: Israel vacina crianças de 5 a 11 anos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos