Variante C.1.2. do coronavírus não parece estar se disseminando, diz OMS

Logo da OMS na sede da entidade em Genebra

GENEBRA (Reuters) - Uma nova variante do coronavírus inicialmente detectada na África do Sul em maio não parece estar se disseminando, disse a Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta terça-feira, acrescentando que está monitorando a variante conforme o vírus evolui.

"Não parece estar aumentando em circulação", disse a porta-voz da OMS Margaret Harris em uma coletiva de rotina da Organização das Nações Unidas (ONU), acrescentando que a variante, batizada de C.1.2., não é no momento classificada como uma "variante de preocupação" pela agência de saúde das Nações Unidas.

(Reportagem de Emma Thomasson)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos