Varíola dos macacos: Cidade de SP monitora mulher de 26 anos com suspeita da doença

Enfermeira faz um dos testes para varíola dos macacos em Madri, Espanha (Foto: Carlos Lujan/Europa Press via Getty Images)
Enfermeira faz um dos testes para varíola dos macacos em Madri, Espanha (Foto: Carlos Lujan/Europa Press via Getty Images)
  • Varíola dos macacos: paciente em SP com suspeita da doença é mulher de 26 anos

  • Paciente passa bem e está hospitalizada

  • Familiares e pessoas que moram próximo à mulher estão sendo acompanhados pela gestão municipal

A Prefeitura de São Paulo está monitorando o estado de saúde de uma mulher de 26 anos hospitalizada com suspeita de ter contraído varíola dos macacos.

Conforme informou o portal g1, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) afirmou que a paciente está bem. Além disso, familiares e pessoas que moram próximo à mulher estão sendo acompanhados pela gestão municipal.

O Brasil tem sete casos suspeitos da varíola dos macacos. Até o momento, não há casos confirmados da doença no país. Os estados em que há suspeita são São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Ceará e Rio Grande do Sul.

Na segunda-feira (6), o governo de São Paulo já tinha confirmado que um caso era investigado na capital. Em nota, informou o portal g1, a gestão de Rodrigo Garcia afirmou que "no momento, o Centro de Vigilância Epidemiológico (CVE) estadual e a prefeitura de São Paulo investigam um paciente para descartar qualquer hipótese da doença".

A varíola dos macacos

A varíola dos macacos é uma doença infecciosa que geralmente é leve e endêmica em partes da África Ocidental e Central. Embora a doença pertença à mesma família de vírus da varíola, seus sintomas são mais leves.

Os infectados geralmente se recuperam em duas a quatro semanas sem hospitalização, mas, em algumas ocasiões, a doença é fatal.

Ela é espalhada por contato próximo, e pode ser contida com relativa facilidade por meio de medidas como isolamento e higiene.

Os sintomas são: dores de cabeça; dores no corpo; nódulos linfáticos inchados; Cansaço e erupções cutâneas nas mãos e pés.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos