Varíola dos macacos: Ministério da Saúde orienta cuidados para grávidas e lactantes

Varíola dos macacos (Foto: Getty Images)
Varíola dos macacos (Foto: Getty Images)

Com o avanço da varíola dos macacos no Brasil, o Ministério da Saúde publicou orientações para gestantes, lactantes e puérperas prevenir a transmissão da doença. Veja:

  • Afastem-se de pessoas que apresentem sintomas suspeitos como febre e lesões de pele-mucosa (erupção cutânea, que habitualmente afeta o rosto e as extremidades, e evolui de máculas para pápulas, vesículas, pústulas e posteriormente crostas);

  • Usem preservativo em todos os tipos de relações sexuais (oral, vaginal, anal) uma vez que a transmissão pelo contato íntimo tem sido a mais frequente;

  • Estejam alertas para observar se sua parceria sexual apresenta alguma lesão na área genital e, se presente, não tenham contato;

  • Mantenham uso de máscaras, principalmente em ambientes com indivíduos potencialmente contaminados com o vírus;

  • Procurem assistência médica, caso apresentem algum sintoma suspeito, para que se estabeleça diagnóstico clínico e, eventualmente, laboratorial.

Para saber se está contaminado com o vírus Monkeypox é preciso fazer o exame PCR (Reação em Cadeia da Polimerase) em tempo real e/ou sequenciamento.

Nos primeiros dias de infecção, o paciente pode apresentar:

  • Febre

  • Dor de cabeça forte

  • Inchaço nos linfonodos (conhecido popularmente como "íngua”)

  • Dor nas costas

  • Dores musculares

A segunda fase a doença é marcada por feridas na pele que costumam aparecer no rosto, nas mãos, nos pés.

Vacina

As primeiras doses da vacina contra a varíola dos macacos destinadas ao Brasil deverão chegar em setembro, informaram em 29 de julho o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Daniel Pereira, e o secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Arnaldo Medeiros.

Cerca de 20 mil doses desembarcarão no país em setembro; e 30 mil, em outubro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos