Vasco enfrenta o Londrina na estreia de um Maurício Souza disposto a superar a desconfiança da torcida

Maurício Souza terá a maior chance de sua carreira como técnico profissional em uma situação atípica no futebol brasileiro. Finalmente regularizado, ele comandará o Vasco hoje diante do Londrina, às 16h, no Estádio do Café, enfrentando a desconfiança dos torcedores e com a missão de manter o clube em boa fase — algo incomum para uma chegada de treinador em meio de temporada.

O Vasco não trocou de treinador porque está em crise. O clube não conseguiu seguir o ditado “time que está ganhando não se mexe” por causa de Zé Ricardo, que preferiu acertar com o futebol japonês. O cenário atual é que Maurício Souza começará seu trabalho à frente de um cruz-maltino que não sabe o que é ser derrotado há 12 jogos e pode engatar uma sequência de três vitórias consecutivas.

— Sei (da rejeição) e trato com naturalidade. Um dos meus objetivos aqui no Vasco é, no final, se eu puder, dar um abraço em cada um que mostrou algum tipo de rejeição. Tenho certeza de que a vontade deles não é maior do que a minha. Pode ser igual, mas não é maior — afirmou Maurício Souza.

O novo treinador passa a comandar um time que sofreu apenas cinco gols em 12 rodadas. A espinha dorsal formada por Thiago Rodrigues, Gabriel Dias, Quintero, Anderson Conceição, Edimar e Yuri Lara não é vazada há seis jogos.

Caso não perca para o Londrina, Maurício Souza ajudará a equipe a igualar a marca de 2019, quando o Vasco ficou invicto por 13 jogos entre compromissos do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil. Já está no top-10 de maiores invencibilidades do século. Há desconfiança, mas o cenário é positivo para o treinador.

Do outro lado, o Londrina vem de duas vitórias e um empate nos últimos três jogos. Para o confronto em casa, o Tubarão terá os retornos do lateral-direito Samuel Santos e do volante Jhonny Lucas, que cumpriram suspensão na vitória sobre a Ponte Preta por 2 a 1.

— Claro que é importante você ter uma sequência. São três jogos que você não perde. É importante pontuar, somar. O campeonato não chegou em um terço, tem muitos jogos. A gente precisa ter atenção no campeonato. A gente desperdiçou alguns pontos em casa — afirmou o experiente técnico Adilson Batista.

Por outro lado, o atacante Gabriel Santos, expulso na última rodada, é desfalque certo. Matheus Lucas é o mais cotado para assumir a posição na frente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos