Vasco joga mal e perde para o Operário em casa na estreia pela Série B

·2 minuto de leitura

O Vasco estreou com o pé esquerdo na Série B e perdeu por 2 a 0 para o Operário. Em São Januário, o time carioca teve uma atuação para ser esquecida, principalmente no primeiro tempo, quando foi amplamente dominado pelos paranaenses. Por conta do forte calor no Rio, os primeiros minutos foram de muita lentidão. E o Operário era quem controlava as ações do jogo, criando ao menos três grandes chances nos primeiros minutos.

Numa delas, após Zeca dar bobeira na lateral defensiva e perder a bola, o atacante Leandrinho recebeu belo passe e finalizou cruzado, abrindo o placar para o “Fantasma”. O Vasco sentiu o gol logo no início, e o setor defensivo seguia desatento, e Vanderlei evitou que o Operário ampliasse logo em seguida, após Ernando, como último homem, perder a bola para Jean Carlo, que finalizou para boa defesa do goleiro.

O Vasco só conseguiria levar perigo ao gol adversário no fim do primeiro tempo, em bom chute de Figueiredo, defendido pelo goleiro Simão. Mas foi o Operário quem conseguiu marcar, ainda no fim do primeiro tempo. Após nova bobeira defensiva, desta vez de Andrey, Ricardo Bueno recebeu belo passe e deu um leve toque para tirar de Vanderlei.

Com o resultado negativo, Marcelo Cabo mexeu no time já no intervalo, promovendo as estreias de Sarrafiore e Daniel Amorim. Mas o Operário seguiu melhor no jogo, e quase ampliou logo no início da segunda etapa, após belo chute de Rafael Chorão parar na trave de Vanderlei. O Vasco responderia com Gabriel Pec, que finalizou para grande defesa de Simão. Mas a organização defensiva dos paranaenses, aliada ao forte calor, fez o ritmo do jogo diminuir, beneficiando os visitantes, que só tiveram que administrar a vantagem aberta no primeiro tempo.

— Hoje voltamos a repetir velhos erros. Temos que conversar internamente. Não tem “terra arrasada”, até porque é o primeiro jogo, mas a gente precisa entrar mais concentrado. Porque, se a gente deixar para buscar do meio para o final, vai ser muito complicado. A gente tem que aprender com as derrotas e reverter essa situação — disse o lateral Léo Matos após a partida.

O Vasco volta a campo pela Série B no próximo domingo, às 16h, visitando a Ponte Preta. Antes, na terça, às 21h30, o cruzmaltino recebe o Boavista, pelo jogo de ida dos 16 ávos de final da Copa do Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos