Vasco x Cruzeiro: Jogo terá 1 mil ingressos à venda por R$ 250

·2 minuto de leitura

Com a autorização da Prefeitura do Rio e a decisão do Conselho Técnico da CBF pela volta do público nos jogos da Série B, o Vasco anunciou que colocará à venda 1 mil ingressos para o jogo contra o Cruzeiro, neste domingo, em São Januário. Os bilhetes custarão R$ 250 e serão disponibilzados apenas para sócios e sócios-torcedores.

A venda será realizada apenas através do site dedicado aos sócios do clube. As categorias que têm direito à desconto, poderão aplicá-lo na compra.

Para ter direito a entrar em São Januário, contudo, o torcedor terá que atender a pré-requisitos. O primeiro deles é a realizar um teste de antígeno em algum laboratório credenciado. Somente poderão entrar no estádio àqueles cujos resultados derem negativo.

Além disso, será preciso apresentar a carteira de vacinação e estar em dia com a quantidade de doses para Covid-19 de acordo com a sua faixa etária.

- Precisamos ter todos os protocolos atendidos para, na semana que vem, voltarmos na prefeitura e requerermos uma capacidade maior de público - explicou o vice geral Carlos Osório.

Segundo o dirigente, o jogo contra o Cruzeiro será o único com carga de 1 mil ingressos. Como a prefeitura já anunciou que irá aumentar a permissão de público nos jogos para até 50% da capacidade dos estádios, o clube pretende ampliar o número de torcedores nos dois jogos seguintes como mandante: contra Goiás e Coritiba.

- Não vai ter 1 mil torcedores em todos os jogos. Só neste (contra o Cruzeiro). Temos dois jogos para atenigir a capacidade máxima, que neste momento é de 11 mil torcedores (em São Januário) - concluiu Osório.

Mais cedo, o secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, confirmou que o pedido do Vasco foi autorizado e que o clube poderia sediar o jogo contra o Cruzeiro, domingo, com público limitado em São Januário, respeitando os protocolos sanitários. A Prefeitura do Rio ainda autorizou a presença de 50% de público nos estádios a partir do próximo dia 21, derrubando a necessidade de apresentação de pedido.

À tarde, foi a vez da CBF definir o retorno do público na Série B a partir de domingo (25ª rodada), desde que haja decretos municipais liberando os torcedores nos estádios. A entidade se reuniu virtualmente com os 20 clubes do acesso, e a decisão teve aprovação da maioria (14 x 6). Também ficou decidido que as condições para o retorno da torcida e o percentual de ocupação será de acordo com as determinações de cada cidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos