'Vazamento de gás' é a principal suspeita em explosão de hotel em Cuba

Uma forte explosão nesta sexta-feira no hotel Saratoga, no centro de Havana, deixou ao menos nove mortos e cerca de 40 feridos, destruindo vários andares e causando danos ao seu redor. O presidente cubano, Miguel Diaz Canel, afastou a possibilidade de 'bomba ou atentado', indicando um possível vazamento de gás como motivo da tragédia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos