Veículos EBC fazem cobertura especial do Bicentenário da Independência

Para comemorar o Bicentenário da Independência do Brasil, os veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) exibem conteúdos especiais para celebrar a data. Desde 29 de agosto, a TV Brasil, as Rádios Nacional e MEC e a Agência Brasil apresentam extensa programação temática.

De olho na interatividade com o público, a EBC definiu hashtags para engajar a audiência e reunir todos os conteúdos produzidos em comemoração ao fato: #TVBrasilno7, #AgênciaBrasilno7, #Nacionalno7, #7deSetembro, e #200anosdaIndependência.

Ao longo da programação, os veículos da EBC também convidam internautas, ouvintes e espectadores. O público vai ter seu espaço para enviar, por WhatsApp, recordações de edições passadas do 7 de Setembro, nos diversos estados brasileiros e, ainda, as participações nas festividades em 2022.

Desfile de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios, na TV Brasil

Para o dia 7, a EBC preparou uma cobertura jornalística especial e ampla do desfile oficial, que ocorre das 9h às 11h, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

A partir das 7h30, o telejornal Brasil em Dia Especial começa o “esquenta” da transmissão ao vivo. Ancorado do Salão Nobre do Palácio do Planalto, o programa jornalístico da TV Brasil terá a apresentação de Renata Corsini e Paulo Leite.

Com entradas ao vivo dos repórteres nas ruas direto do Rio de Janeiro, de São Paulo e Brasília, e com a colaboração na cobertura jornalística de emissoras afiliadas da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), a transmissão leva ao ar notícias sobre as presenças de autoridades, o desfile das tropas e o público de outras cidades. Além de matérias especiais preparadas para a Semana da Pátria.

Desde o início do evento, comentários de três representantes de cada uma das Forças Armadas detalham a parada militar, no Palácio. Ao longo da cobertura da TV Brasil, um historiador, entrevistado pela jornalista Katiuscia Neri, vai destacar, ao longo da cobertura jornalística da TV Brasil, curiosidades e a importância da efeméride para a história do país.

A jornalista também vai destacar a participação do público. As mensagens de WhatsApp serão lidas diretamente no videowall do estúdio, e as lembranças do público serão exibidas durante a cobertura do tradicional desfile cívico-militar no dia da Independência do Brasil.

Melhores Momentos

Além da cobertura em tempo real, a TV Brasil exibe os melhores momentos do evento, com uma hora e 45 minutos de duração, em dois horários: no mesmo dia, às 21h30, e reprise às 2h30 - madrugada da quinta-feira. O programa completo também poderá ser conferido no site da Agência Brasil, na Rede Nacional de Rádio, no aplicativo da TV Brasil Play (sistemas Android e IOS) e nas redes sociais da EBC no Twitter, Facebook e Youtube, nos perfis @TVBrasil, @TVBrasilGov, @AgenciaBrasil e @RadioNacionalBR.

Os telejornais planejam ainda uma cobertura completa dos principais acontecimentos no país nos momentos seguintes ao desfile. Ao meio-dia, as produções jornalísticas locais terão links direto de eventos relevantes nas cidades. Com apresentação de Annie Zanetti, o Repórter SP será ancorado do Museu do Ipiranga. No Repórter DF, a apresentação em estúdio fica a cargo de Giulianno Cartaxo, com entradas de repórteres diretamente da Esplanada dos Ministérios. E na capital fluminense, Munike Moret comanda o Repórter Rio.

Em seguida, a jornalista Eliane Benício ancora o Repórter Brasil Tarde, no Rio de Janeiro, direto do Jardim Botânico, fundado pelo próprio Dom João VI, em 1808. O jornal com alcance nacional vai ao ar às 12h15, e conta com entradas ao vivo dos repórteres, na Esplanada dos Ministérios (no DF), do Museu do Ipiranga (em SP) e do Forte de Copacabana (no RJ), e reportagens factuais sobre os destaques do desfile.

Às 19h, o Repórter Brasil tem apresentação dos jornalistas Lara Fonseca e Roberto Camargo, no estúdio de Brasília. O telejornal segue, durante 40 minutos, com diversos links na Esplanada dos Ministérios, no Paço Imperial (RJ), e no reinaugurado Museu do Ipiranga, e incrementa a cobertura do dia com entradas ao vivo do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, que será palco do Concerto 100 anos de Rádio no Brasil, com a apresentação da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal e Orquestra Sinfônica Nacional da UFF.  O evento das Rádios MEC e Nacional é alusivo ao centenário da primeira transmissão radiofônica no país.

Matérias especiais na Agência Brasil e transmissão em tempo real

Ao longo do dia 7 de setembro, além da cobertura factual completa do desfile cívico-militar em Brasília, a Agência Brasil vai publicar matérias especiais referentes à data. Uma delas destaca a pesquisa que resgata o local exato da proclamação da Independência no país.

O público poderá conferir também uma reportagem que reúne entrevistas com biógrafos da Imperatriz Dona Leopoldina, apelidada de “arquiteta da Independência”. A partir do estudo das cartas trocadas entre a Imperatriz e o esposo (Dom Pedro I), outros familiares e atores políticos da época, os biógrafos reconstituíram o período de regência de Leopoldina, que entrou para a história como a primeira mulher a governar o Brasil.

Efeméride em destaque nas Rádios da EBC

A transmissão do desfile de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios também poderá ser acompanhada ao vivo na Rádio Nacional de Brasília, Rádio Nacional da Amazônia, Nacional Alto Solimões e Nacional do Rio de Janeiro. A Rede Nacional de Rádio vai disponibilizar, ainda, a cobertura do evento para emissoras de rádio e TV de qualquer parte do mundo, pelo site e via satélite.

Logo cedo, às 7h30, Priscilla Mazenotti e Miguelzinho Martins apresentam o radiojornal Repórter Nacional, que traz conteúdos factuais, com foco no Bicentenário da Independência. Em seguida, das 8h às 12h, vai ao ar o programa Revista Brasil, da Rádio Nacional AM de Brasília. À frente dos microfones, Valter Lima faz a retransmissão de trechos em áudio do desfile cívico-militar, com um giro de repórteres da emissora para trazer os fatos mais relevantes do evento, e atualiza o ouvinte com uma série de serviços, como situação do trânsito na região do desfile e meteorologia. Destaque para as entrevistas com Dom João Henrique de Orleans e Bragança, bisneto da princesa Isabel, em Petrópolis. Também participam de entrevistas o diretor do Museu do Ipiranga (SP), o diretor do Museu da Independência (Portugal), e o diretor do Museu Imperial.

Na parte da tarde, o Repórter Nacional volta às 12h10 e às 18h15 com matérias sobre os melhores momentos da parada, impressões do público e presença de autoridades. Jornalistas da rádio em São Paulo, Distrito Federal e Rio de Janeiro estarão a postos para informar os principais acontecimentos nas cidades. A qualquer hora do dia, a programação da Nacional também traz boletins de notícias.

Pílulas informativas sobre o desfile também serão veiculadas na Rádio MEC, no 7 de setembro. As informações podem ser conferidas pelos ouvintes a cada 20 minutos, a partir das 8h.

Na mesma data em que se comemora o centenário da primeira transmissão radiofônica no Brasil, a MEC leva ao ar uma playlist com música clássica nacional durante todo o dia. Para celebrar o marco histórico, a emissora transmite, ao vivo, o Concerto 100 anos de Rádio no Brasil, direto do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, às 19h.

Às 22h, vai ao ar o Partituras temático com a Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais. Em seguida, às 23h, o programa Na Trilha da História traz uma edição especial sobre o Bicentenário da Independência.

Produzido pela Rádio Nacional, a atração semanal Na Trilha da História preparou uma série temática para exibição aos sábados de agosto e setembro, às 8h. Com apresentação da jornalista Isabela Azevedo, os episódios especiais traçam um perfil dos participantes do processo da Independência brasileira.

Ainda na Semana da Pátria, A Voz do Brasil apresenta entrevistas especiais com autoridades relacionadas ao tema, nos 25 primeiros minutos do programa, destinados ao Poder Executivo Federal. Produção da EBC, o noticiário - um dos mais antigos do mundo - é retransmitido pelas emissoras radiofônicas brasileiras na janela de horário das 19h às 22h.

Bicentenário em pauta no Jornalismo

Para abrir a série de produções especiais temáticas, as atrações jornalísticas da EBC apresentam seis programetes de cerca de um minuto cada sobre curiosidades da data. Inseridos nas edições da tarde e da noite do telejornal Repórter Brasil e em spots na Rádio Nacional, os pequenos programas trazem animações sobre os fatos históricos, em ordem cronológica, ocorridos no ano da Independência.

Matérias especiais sobre a história e consequências do Bicentenário da Independência também já podem ser conferidas diariamente pelo público na programação jornalística da TV Brasil, rádios, Agência Brasil e na web. Entre os temas pautados para as reportagens estão: Caminhos do mar, Esquadrilha da Fumaça, Personagens da Independência, Museu do Ipiranga, Curiosidades sobre a Língua Portuguesa, Heranças da família real portuguesa, Relação Brasil x Portugal 200 anos depois da declaração da Independência, Independência na visão das crianças, Independência e Religião, e Locais históricos da Independência no Rio de Janeiro.

Entretenimento com temática focada na Independência do Brasil

Além dos programas jornalísticos, a grade da TV Brasil inclui outras atrações temáticas sobre a efeméride celebrada. Veiculada diariamente ao longo da programação da emissora pública, a série de interprogramas Momentos da Independência mostra fatos e personagens importantes neste período da história nacional.

Outro destaque foi a estreia, na terça (30), do seriado Brasil Imperial, produção nacional que revive os momentos marcantes da monarquia no país, desde a chegada da corte portuguesa em 1808 até a proclamação da Independência em 1822. Composta por dez episódios, a atração inédita na tevê aberta vai ao ar de terça a sábado, às 21h30.

No próximo sábado (3), às 23h, o programa Partituras, na TV Brasil, dá continuidade às comemorações do Bicentenário da Independência e apresenta novos episódios temáticos com a Banda Sinfônica do Exército e a Orquestra Sinfônica da Força Aérea Brasileira.

Durante a Semana da Pátria, a TV Brasil também leva ao ar filmes temáticos que retratam períodos marcantes da história brasileira. Os longas Tiradentes (1999) e Anita (2016) ganham exibição na sessão Cine Nacional dos dias 6, 8 e 9, respectivamente, às 22h30.

Em 10 de setembro, às 23h, a faixa musical da emissora pública de TV apresenta o Especial Concerto 100 anos de Rádio no Brasil, com reprise no dia seguinte, à 0h30. Gravado durante evento comemorativo da Rádio MEC e Nacional, no dia 7, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, o espetáculo traz a Orquestra do Theatro Municipal interpretando trechos de O Guarani, de Carlos Gomes, e a Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense (UFF), com a performance de Choros 6, de autoria do maestro Heitor Villa-Lobos.

Já no dia 11, 19h, a TV Brasil tem exibição inédita da série Brasil Independente. Produzida pelo Canal Educação, a produção especial sobre a efeméride conta com quatro episódios de 26 minutos.

Ao vivo e on demand

Acompanhe a programação da TV Brasil pelo canal aberto, TV por assinatura e parabólica. Sintonize!

Seus programas favoritos estão no TV Brasil Play, pelo endereço play.ebc.com.br ou por aplicativo no smartphone. O app pode ser baixado gratuitamente e está disponível para Android e iOS. Assista também pela WebTV.

Como sintonizar a Rádio MEC

Rio de Janeiro: FM 99,3 MHz e AM 800 kHz
Belo Horizonte: FM 87,1 MHz
Brasília: FM 87,1 MHz e AM 800 kHz
Parabólica - Star One C2 - 3748,00 MHz - Serviço 3
Celular - App Rádios EBC para Android e iOS
Aplicativo Rádios EBC, disponível para Android e iOS

Saiba como sintonizar a Rádio Nacional

Brasília: FM 96,1 MHz e AM 980 Khz
Rio de Janeiro: FM 87,1 MHz e AM 1130 kHz
São Paulo: FM 87,1 MHz
Recife: FM 87,1 MHz
São Luís: FM 93,7 MHz
Amazonas: 11.780KHz e 6.180KHz OC
Alto Solimões: FM 96,1 MHz
​Celular - App Rádios EBC para Android e iOS