Vegetais frescos embalados não precisam mais de data de validade, decide Agricultura

Vegetais frescos não precisam mais ter data de validade após portaria do Ministério da Agricultura. (Foto: GettyImages)
Vegetais frescos não precisam mais ter data de validade após portaria do Ministério da Agricultura. (Foto: GettyImages)
  • Decisão foi emitida pelo Ministério da Agricultura

  • Antes, vegetais frescos fora da validade eram descartados

  • Objetivo da medida é combater desperdício de alimentos

Uma nova portaria do Ministério da Agricultura dispensa a obrigação de informar o prazo de validade de vegetais frescos embalados.

Em uma resolução de 2002, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) já havia retirado a obrigatoriedade.

Segundo o secretário de Defesa Agropecuária, José Guilherme Leal, o objetivo é evitar o desperdício de alimentos. "Anualmente toneladas de frutas são perdidas no Brasil em razão da expiração do prazo de validade, sem que, no entanto, estejam impróprias para o consumo", afirma nota.

“A validade afixada nas embalagens não guardava relação com a qualidade do produto, uma vez que o próprio consumidor é capaz de observar se um produto hortícola está apto ou não ao consumo apenas pelo aspecto visual”, continua.

"Ao comprar vegetais frescos, o consumidor consegue identificar se estão podres, murchos ou com odor, ou seja, se não estão bons para consumo", conclui.

Antes da portaria, os estabelecimentos tinham que descartar produtos fora do prazo de validade, mesmo que estivessem em boas condições de consumo.

Quando vegetais embalados fora do prazo de validade eram encontrados, os estabelecimentos eram autuados por órgãos de defesa do consumidor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos