Veiga exalta força mental do Palmeiras em mais uma classificação na Libertadores: 'Guerreiros'

Atlético-MG foi eliminado mesmo atuando com dois a mais (Foto: Miguel Schincariol / AFP)


Ao vencer o Atlético-MG nos pênaltis, o Palmeiras carimbou a classificação para a semifinal da Copa Libertadores de 2022. Raphael Veiga foi um dos autores dos tentos alviverdes nas penalidades e exaltou a força mental da equipe em mais uma decisão.

GALERIA

> ATUAÇÕES: Em meio a vilões, Weverton é herói e classifica o Verdão

TABELA

> Clique e confira a tabela completa e simulador da Libertadores!

A maior adversidade do Verdão na partida foi o cartão vermelho. O time de Abel ficou sem dois de seus principais jogadores, Danilo e Scarpa, após os mesmos entrarem com força excessiva em lances semelhantes.

- Já seria um jogo difícil com 11 jogadores, agora com nove nem se fala. Mas, já disse algumas vezes e repito: nosso time é muito forte mentalmente. É nessas horas, em situações adversas, que a gente mostra a força que temos. É muito fácil ter fé e acreditar enquanto tudo está dando certo, o difícil, na vida e no futebol, é seguir acreditando quando as coisas não estão tão bem - endossou o camisa 23.

Para concluir, Veiga aproveitou para reforçar que a coletividade do Palmeiras é um dos fatores positivos do time nas grandes competições. Além disso, o meia afirmou que ‘o importante é vencer’.

- Nosso time é formado por guerreiros. Todos somos um. A classificação é merecida. Passar para uma semi de Libertadores é muito complicado. Tem nervosismo, tem a força das outras equipes. Soubemos jogar. Nem sempre o importante é jogar bem, o importante é vencer - finalizou.